2 de março de 2019

Departamento Cultural Alma Gaúcha é o Brasil no Uruguai


 Nos dias 23 e 24 de fevereiro o Departamento Cultural Alma Gaúcha, que pertence à Escola Estadual Coronel Urbano das Chagas, esteve participando da 2ª Fiesta de la Patria Grande, na cidade de Canelones, Uruguai. A invernada adulta, teve a surpresa de receber o convite da CBTG (Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha), para representar não só Dom Pedrito e o Rio Grande do Sul, mas sim o Brasil inteiro, sendo a “Delegação Brasileira” nesse festival internacional de folclore. Participavam do evento delegações, grupos de dança, músicos e pajadores do Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile.

 Importante salientar que o Alma Gaúcha, foi o único representante do Brasil no festival, levando ao Uruguai uma delegação de 30 pessoas entre dançarinos, musicos e acompanhantes. A invernada fez duas  apresentações no domingo pela manhã (que seria no sábado, mas foi transferida por motivo de chuva) e à tarde, além de participar de uma grande confraternização no alojamento, quando ocorreu o que os integrantes qualificaram como “expressiva troca de experiências culturais com as delegações do Paraguai e do Uruguai”, inclusive com os membros do Alma Gaúcha ensinando a eles vários passos de ritmos como vaneira, chamamé, chote, samba, pagode e forró e aprendendo danças como malambo, candombe e plina.

 O Departamento Cutural Alma Gaúcha tem hoje como patrão o senhor João Alberto Vaz Zeidler, como coordenadora da invernada adulta a senhora Sandra Helen de Souza da Silva, como instrutor o professor Toni Sidi Pereira e como ensaiador Diego da Silva Rodrigues.

 É justamente Diego quem nos fala: “É a primeira vez em sua história que o Alma Gaúcha, fez uma viagem internacional para mostrar nossa cultura, agora volta pra casa cheio de novas ideias e projetos para 2019, que este ano continue sendo tão bom e surpreendente como começou!”.

Agradecimentos Especiais

 A invernada agradece o apoio do Sindicato Rural e Associação de Agricultores de Dom Pedrito pelo espaço cedido para ensaio; à professora Ana Elizabel Weisbach, pela intermediação com o Uruguai; ao dançarino Francisco Silva Macedo, por interceder junto a Aduana em assuntos de autorização para a entrada no Uruguai; aos pais e integrantes que dispuseram de seus recursos para que o grupo participasse do evento; aos meios de comunicação da cidade, pela divulgação de todos os eventos e projetos da entidade; e ao povo pedritense, que, ao colaborar com o pedágio de 2018, permitiu com que o grupo participasse do Enart (Encontro de Artes e Tradição Gaúcha) e com isso fosse visto e tenha recebido este convite.

0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top