9 de setembro de 2017

Abigeato - Delegacia Especializada será itinerante e terá 3 bases no Estado



 Anunciada pelo governador José Ivo Sartori e pelo secretário de Segurança Pública do RS, Cézar Schirmer, oficialmente, durante a Expointer, no Parque Assis Brasil, em Esteio, no dia 31 de agosto de 2017, a Delegacia Especializada em Abigeato e Crimes Rurais vem atender uma antiga reivindicação do povo gaúcho, de forma especial dos produtores rurais, para combate mais efetivo a esse tipo de crime que está entre os mais praticados e com mais sérias consequências não só para a economia como, também, para a saúde pública no Estado do Rio Grande do Sul.

Delegado Cristiano Ritta
 A Delegacia possibilitará, na verdade, a institucionalização de um trabalho de alto nível que já vem sendo realizado, desde agosto do ano passado, pela denominada Força Tarefa de Combate ao Abigeato e Crimes Rurais, da qual faz parte o inspetor Patrício Antunes, lotado na Delegacia de Polícia Civil de Dom Pedrito. O Folha da Cidade entrevistou, nesta semana, o delegado Cristiano Ritta, que já foi titular da DP pedritense e agora é nomeado como responsável pela nova Delegacia Especializada. Ele confirma que a mesma funcionará de forma itinerante, possuindo três bases, nos municípios de Bagé, Camaquã e Santiago, e terá duas bases de apoio, em Rosário do Sul e Cruz Alta.

 Ritta explica melhor a situação: “O governador assinou o decreto criando a delegacia, mas ela ainda não está instalada. E enquanto isto não acontecer (a instalação) nós vamos seguir com a Força Tarefa de Combate ao Abigeato. Mas, a Delegacia, como tem vinculação diretamente com o Departamento de Polícia, em Porto Alegre, terá atuação em todo o Estado”, ele diz.

 Para acionar a Força Tarefa de Combate ao Abigeato e Crimes Rurais, uma vez que a Delegacia Especializada ainda não está instalada, as pessoas devem contatar as delegacias locais de Polícia Civil, o que pode ser feito pelo telefone 197 ou pelo Disque-Denúncia 181.

 Leia a matéria completa na edição impressa do Folha da Cidade.




0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top