Cidade


Na semana passada o Folha publicou matéria relatando que o Corpo de Bombeiros havia designado dois guarda vidas civis para atuarem no balneário Passo Real. Segundo informações repassadas à reportagem, os guarda vidas não se apresentaram no prazo determinado.

Em contato com o comandante local do Corpo de Bombeiros, Tenente Eduardo Bohrer, ele destacou que um dos guarda vidas civis desistiu de prossegui na função e pediu desligamento. “Estamos em contato permanente com o comando regional buscando viabilizar guarda vidas para o município”, pontua.

Vale lembrar que a designação de guarda vidas para qualquer balneário do estado é feita pelos comandos regionais.

 


Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads