Cidade



As mudanças constantes na legislação eleitoral “quebram a cabeça” dos dirigentes partidários. Uma das perguntas mais básicas é saber com quantos votos se elege um vereador. Bem, isso depende do número de eleitores que irão às urnas no dia 15 novembro, no entanto, com base em uma média das últimas eleições em Dom Pedrito, onde cerca de 23/25 mil eleitores votaram, é possível ter uma base e projetar com quantos votos é necessário para que um candidato se eleja.

Em Dom Pedrito, até o momento, são 86 candidatos ao Legislativo - três estão impugnados e um desistiu. Na hora da votação, os candidatos são escolhidos pelo sistema proporcional: primeiro são selecionados os partidos mais votados e, em seguida, os candidatos mais votados.

Cerca de 30 mil pedritenses estão aptos para votar, mas supondo que exista uma abstenção (em virtude da pandemia e outros fatores) de 6 mil eleitores, assim, o município registra 24 mil eleitores, neste caso, como Dom Pedrito tem 13 cadeiras no Legislativo, dividindo o número de eleitores pelo número de vereadores, o quociente no município seria, em média, pouco mais de 1.800 votos (que um vereador teria de fazer sozinho, sem depender da votação do partido).

Depois disso, as vagas serão repartidas proporcionalmente à quantidade de votos que cada partido recebeu. Dentro do partido, as cadeiras são distribuídas pela ordem do mais votado para o menos votado. Os partidos que não atingirem, na totalidade dos seus candidatos, o quociente não poderão ocupar nenhuma vaga

O número pode variar para mais ou para menos, de acordo com o número de eleitores que irão votar.  

Adendo: não basta que um (uma) candidato (a) esteja entre os 13 mais votados: é preciso que seu partido em conjunto alcance pelo menos esse quociente eleitoral.

Com informações, jornal Correio do Povo.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads