Cidade


Nesta terça-feira (4) o Instituto Estadual de Educação Bernardino Ângelo completa 105 anos.

A escola atende alunos desde a Educação Infantil, Ensino Fundamental anos iniciais e finais (portanto, do 1º ao 9º), Curso Normal (Magistério), Educação de Jovens e Adultos (EJA) fundamental e médio.

Conta hoje com cerca de 700 alunos, 45 professores e 15 funcionários.

Atualmente é dirigido pela professora Silvana Camponogara Cabrera e pelas vices Elidiane Mayer, Karem Ferreira e Tirza Moraes. A equipe se completa com a professora Elenise Schardong, agente financeiro e a equipe de coordenação pedagógica, formada pelas professoras Marta Helena Leon, Denise Rodrigues, Valéria Severo, Clarissa Maia e Denise Lorenzi.

“Desde o ano passado alguns projetos foram implementados, como o reforço escolar para os alunos do 3° ano do Ensino Fundamental, Projeto Escola de Pais , com rodas de conversa sobre diferentes temas acerca de educação, e também o Projeto Avante, Curso Normal! , que visa contribuir para a formação plena de nossas futuras professoras, por meio de palestras e oficinas, onde professoras aposentadas contribuem com sua experiência”, destaca a diretora Silvana.

Ela acrescenta: “Esse ano estamos nos reinventando, por meio da utilização da Plataforma Classroom, em função da pandemia. Vivemos um momento desafiador, mas que certamente trará oportunidades de crescimento e de repensarmos nossas práticas pedagógicas”.

A gestora faz questão de agradecer “(...) a nossa equipe de funcionários e professores por todo empenho que demonstram para que possamos continuar atendendo nossa comunidade e preparando a nova geração”.

O Jornal Folha da Cidade faz questão de registrar o aniversário dessa escola que tanto orgulha a todos nós. Parabéns à comunidade escolar Bernardino Ângelo!!!

Quem foi o patrono da escola

Bernardino Ângelo da Fonseca, de acordo com registros da biblioteca da escola, nasceu em Viamão e chegou a Dom Pedrito em 1930 para assumir a função de escrivão, mas contribuindo muito para o crescimento do então Passo de Dom Pedrito. Várias conquistas foram realizadas pela intervenção política do escrivão, entre elas a construção da Capela Nossa Senhora do Patrocínio e a demarcação da povoação, pois antes localizada à margem do Rio Santa Maria e sofria muito com as cheias.

Sua vida foi tão significativa para nosso município que durante algum tempo, indevidamente, o chamaram de fundador do município. Seus restos mortais estão na Igreja Matriz Nossa Senhora do Patrocínio.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads