Cidade

Pela segunda vez, a Casa do Agasalho foi alvo de arrombamento e furto de peças destinadas à doação aos menos favorecidos. Do local, foram levados 30 cobertores e peças de roupas masculinas, sendo essas as peças mais solicitadas pelos usuários do serviço.

Servidores da Secretaria de Obras, Viação e Serviços Públicos fizeram a recuperação do local e a empresa Afirma Sistemas de Segurança ofertou gratuitamente a instalação de sistema de segurança com monitoramente e alarme, afim de evitar a repetição do fato.

Cabe salientar, que os cobertores são distribuídos após a liberação dos CRAS, que detém o conhecimento sobre a real necessidade da família, mas os demais itens são liberados para a retirada de todos aqueles que tiverem necessidade.

Neste ano, para diminuir a distância para quem mora do outro lado da cidade, além da Casa do Agasalho, o Albergue Municipal também está sendo utilizado como ponto de recebimento e distribuição de roupas.

Vale lembrar, que esses são os dias de atendimento ao público, mas os voluntários trabalham diariamente na triagem e seleção das doações.

Nesta semana, em razão das adaptações necessárias, a Casa do Agasalho não abrirá ao público, retornando ao atendimento na próxima semana.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads