Cidade


O governo gaúcho publicou na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (17) os editais para dar sequência ao ingresso de aprovados em concursos da Segurança Pública. Serão incluídos 860 novos soldados na Brigada Militar (BM) e 80 soldados no Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS). A retomada de andamento das seleções, que haviam sido suspensas a partir da decretação do estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul, em 19 de março, foi anunciada nesta quinta-feira (16/4) pelo governador Eduardo Leite.

Os editais publicados informam os procedimentos que os candidatos terão de realizar para a Sindicância de Vida Pregressa, etapa em que é analisado o histórico dos futuros alunos-soldados e que antecede a nomeação. Os convocados terão de acessar o site da respectiva corporação e preencher uma ficha cadastral para apresentação na data da sindicância junto com os documentos de comprovação dos requisitos para inclusão e posse.

Na BM, a sindicância será realizada no Ginásio da Academia de Polícia Militar (APM) – Av. Cel. Aparício Borges, nº 2001, Bairro Partenon, Porto Alegre – entre os dias 11 e 14 de maio (clique aqui e confira o cronograma). A recepção será em turmas de menos de 30 pessoas a cada hora, a partir das 8h do dia 11, para evitar aglomerações, conforme determinação do governo estadual para evitar a disseminação da Covid-19.

No CBMRS, a sindicância vai ocorrer no dia 30 de abril, a partir das 8h30min, no auditório da Academia de Bombeiros Militar (ABM) – Rua Silva Só, nº 300, Bairro Santa Cecília, Porto Alegre. Também é necessário chegar com uma hora de antecedência para entrega da documentação comprobatória exigida no edital (clique aqui e confira a lista).

Após a nomeação, os alunos-soldados iniciam o curso de formação. Também para evitar aglomerações e garantir a proteção da saúde dos instrutores e dos novos soldados, as turmas terão, no máximo, 30 pessoas.

O ingresso desse contingente de quase 1 mil novos soldados na BM e no CBMRS dá seguimento ao cronograma de nomeações divulgado em 8 de novembro do ano passado, prevendo a inclusão de 4.459 servidores nas instituições vinculadas à Secretaria da Segurança Pública (SSP) e à Secretaria de Administração Penitenciária (SEAPEN) até 2022.

O chamamento de 70 aprovados para o cargo de capitão na BM e de 25 para o mesmo posto no CBMRS, que também estava previsto para março, mas acabou suspenso em razão da pandemia, ainda não têm previsão de retomada.

Na Polícia Civil, 50 candidatos a delegado e 262 concorrentes aos cargos de escrivão e inspetor começaram o curso de formação no início de março. A partir do dia 19, com decretação de calamidade pública, aulas teóricas passaram a ser ministradas na modalidade EAD. As aulas presenciais devem ser retomadas, inicialmente, em maio.

O concurso do Instituto-Geral de Perícias (IGP), que esteve paralisado em razão de decisão judicial, teve liberação para retomada no início de março. Este ano, devem ser preenchidas 95 vagas para perito criminal, técnico em perícias e perito médico-legista. Até 2022, serão 170 novos servidores no IGP.

Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads