Mais um aedes aegypti encontrado na zona norte da cidade

Após o Folha noticiar na noite de sábado (11), que um mosquito aedes aegypti havia sido encontrado na Cohab, zona norte da cidade, agora mais um foi fotografado para mostrar à população que infelizmente o mosquito da dengue já é realidade em nosso município e medidas precisam ser urgentemente tomadas. 

O agente de saúde, Guiomar Vargas, voltou a publicar um alerta em seu perfil no Facebook. "Em visita hoje no local do mosquito aedes aegypti enviado ontem, conversei com moradores do bairro, tendo os mesmos confirmado que o mosquito tem sido encontrado com frequencia, inclusive pessoas já foram picadas pelo mesmo. Uma das pessoas me passou uma foto do mosquito", escreveu. 

Segundo ele, a pessoa picada não apresentou, até o momento, nenhum sintoma de dengue, febre amarela, zica ou chikungunya. 

Como prevenir?
Segundo o Ministério da Saúde, a melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, lagões de água, pneus, garrafas pláticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia - quando os mosquitos são mais ativos - proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos.

No momento, só existe uma vacina contra dengue registrada na Anvisa, que esta disponível na rede privada. Ela é usada em 3 doses no intervalo de 1 ano e só deve ser aplicada, segundo o fabricante, a OMS e a ANVISA, em pessoas que já tiveram pelo menos uma infecção por dengue.


Esta vacina não está disponível no SUS, mas o Ministério da Saúde acompanha os estudos de outras vacinas.
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários