Empresa que abandonou obra de esgotamento participou de licitações para pavimentação de ruas - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

21 de janeiro de 2020

Empresa que abandonou obra de esgotamento participou de licitações para pavimentação de ruas


Recentemente, o Folha veiculou reportagem sobre o drama dos trabalhadores empregados por uma empresa terceirizada pela Corsan, que estava executando a obra de esgotamento sanitário do município - chamada, também, de "obra da sanga". Ocorre que a empresa abandonou a obra, fechou o canteiro de obras e deve meses de salários aos funcionários. Dentro deste contexto, a reportagem apurou a informação de que a empresa participou de, pelo menos, sete de licitações para pavimentação de ruas. A informação é de que os processos estão em andamento e ela consta como valor mais baixo em um deles, podendo vencê-lo.

A abertura dos envelopes aconteceu durante o mês de dezembro. A dita empresa participou de sete processos - seis vinculados ao Badesul e um vinculado ao Finisa. Por uma questão legal, a Prefeitura não pode impedir a participação da empresa no certame, no entanto, a empresa pode ser eliminada no decorrer do processo, caso não atenda aos requisitos exigidos.

O que causa estranheza na tentativa da empresa em participar dos certames, é que conforme relato dos funcionários que trabalhavam na obra do esgotamento, em dezembro, os salários já estavam atrasados.

Falou-se, também, que existe uma "caução" para pagamento dos funcionários, mantida pela Corsan, tento em vista que a empresa terceirizada não consegue manter suas respectivas responsabilidades. A reportagem entrou em contato com Giosepe Maino Bica, que retornou a gestão do escritório da Corsan, de forma interina. Ela salienta ter conhecimento sobre uma caução, mas não soube dar mais detalhes quanto ao assunto.

Obra de esgotamento, orçada em mais de R$ 3 milhões e que deveria ter sido concluída em 2018, foi pivô de diversas reclamações dos moradores dos bairros Sagrada Face, Santa Maria e Vila Argeny, devido às escavações realizadas e que dificultavam a trafegabilidade de veículos e o trânsito de pedestres. Caso seguisse, a obra deveria ser finalizada em meados do mês de março.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads