19 de setembro de 2019

Greve dos Oficiais Escreventes e Oficiais de Justiça terá adesão na comarca local


Está programado para iniciar na terça-feira (24), greve dos Oficiais Escreventes e Oficiais de Justiça do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), conforme decisão tomada em Assembleia Geral em Porto Alegre, na terça-feira passada, com mais de 500 servidores, representando 70 comarcas. A greve atinge Dom Pedrito, no entanto, o funcionamento mínimo (por lei) será garantido.

Confira nota enviada ao Folha:

"Somos nós, Oficiais Escreventes e Oficiais de Justiça, os responsáveis por toda a demanda do Judiciário Gaúcho, que há 11 anos é considerado o melhor Judiciário do Brasil, somos nós que movimentamos os processos, cumprimos os despachos dos Juízes, fazemos alvarás de medicamentos e de alimentos, fazemos as citações e intimações, mandados de prisão, alvarás de soltura, atendemos balcão e telefone (advogados e partes), cumprimos audiências, etc".

Segue nossa pauta de reivindicações:
- O principal motivo é a ameaça de extinção de cerca de cinco mil cargos de Oficial Escrevente, por projeto da Assembleia Legislativa. Se este projeto for aprovado mais de 3.500 Oficiais Escreventes ficarão no "limbo", sem perspectiva de valorização e crescimento profissional;
- Estamos também reivindicando um plano de carreira, assim como os técnicos judiciários terão, haja vista que a proposta de extinção pelo Tribunal não prevê nada a respeito;
- Nós, Oficiais escreventes e Oficiais de Justiça, estamos, há mais de 5 anos, com os salários congelados, e ao contrário do que a imprensa divulga, o aumento de 16,38% (de Janeiro/2019), somente Juízes foram beneficiados.
- Sofremos ainda com o afastamento de inúmeros servidores por motivos de saúde e não há políticas de prevenção ou tratamento para evitar essas situações;
- Equiparação ao auxílio-alimentação dos Juízes, pois estes percebem o dobro do que recebemos;
- A correção do auxílio-condução dos oficiais de justiça, extremamente defasados;
A greve será por tempo indeterminado e nesse tempo somente os casos de urgência serão atendidos! Contamos com o apoio da imprensa, para ampla divulgação, ficando cientes da realidade vivenciada por nós servidores do Judiciário Gaúcho, que mesmo sofrendo tantas perdas e defasagens, conseguimos desempenhar com êxito, nosso papel, tão importante para a sociedade.

0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top