2 de abril de 2019

Plano de Mobilidade Urbana prevê maior valorização do pedestre

Fotos: André Úria

Na manhã desta terça-feira, dia 2, aconteceu a terceira audiência pública para tratar do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, que já está na fase final de elaboração do Projeto de Lei.

Na oportunidade, a empresa Urbana Logística Ambiental do Brasil Ltda, vencedora do processo licitatório, fez a apresentação do projeto que tem o acompanhamento da Secretaria de Planejamento, Gestão Estratégica e Meio Ambiente. O projeto contempla longo prazo, integrando a população nos processos de deslocamento urbano. A elaboração começou em agosto do ano passado e foi concluída antes do previsto, já que o plano inicial era finalizá-lo em um ano.

O Plano de Mobilidade Urbana é necessário para municípios com mais de 20 mil habitantes, possibilitando acesso aos recursos federais para áreas de infraestrutura, conforme previsto na Lei 12.587/2012. Plano também prevê o crescimento do número de veículos, assim mesmo, existe a priorização dos pedestres e o desestímulo à utilização do transporte de veículos motorizados.

Outro ponto citado foi a instalação de um estacionamento rotativo - embora já se tenha um estudo mostrando a inviabilidade da implementação – e de uma perimetral (similar ao modelo utilizado na atual rota da safra) no entorno do município.

O prefeito Mário Augusto e a secretária do Planejamento Luciane Moura destacaram a importância de preparar Dom Pedrito para o futuro com acessibilidade e a mobilidade da população, que tem prioridade no "PlanMob" Dom Pedrito.

“Ficamos bastante satisfeitos com a comunidade que esteve representada e com os temas abordados durante a audiência. Explicamos, por exemplo, que a pavimentação de trecho da rua 21 de Abril já está dentro das melhorias que atendem o Plano de Mobilidade Urbana, que terá a rua Rui Barbosa uma segunda coletora de tráfego, desafogando a rua Moreira César”, enfatizou Luciane.

A Política Nacional de Mobilidade Urbana é um instrumento de efetivação que objetiva integrar o planejamento urbano, transporte e trânsito, observando os princípios de inclusão social e da sustentabilidade ambiental.

O Executivo deve encaminhar nos próximos dias ao Legislativo o Projeto de Lei, já com as adequações da audiência pública de hoje. 


Clique para ampliar


0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top