Rádio Upacaraí

9 de março de 2019

Vinhos, Aromas e Sabores


Vinho com  identidade

 Espumantes nacionais ganham cada vez reconhecimento e conquistado prêmios fora do país. quem conhece os brasileiros pode afirmar que sabemos como nos divertir; pelo mundo afora somos lembrados por nossa paixão e intensidade. essa essência se traduz na produção nacional deste vinho borbulhante cujo consumo cresce e, cada vez mais, ganha reconhecimento global e coloca o brasil entre os melhores produtores mundiais.

Conservação do vinho após servido

 Durante uma refeição, nem sempre se consome todo vinho servido. então,  a pergunta : após aberto como conservá-lo e por quanto tempo ele se conserva? de um modo geral, os vinhos de alta qualidade perdem suas melhores características de um dia para o outro, independentemente do modo de conservação empregado. mas é importante salientar que isso não significa que o vinho não esteja mais apto a ser consumido. portanto, tem-se diferenciar entre perda de qualidade e defeito de conservação.  dentro dessa ótica e utilizando métodos adequados, os vinhos podem ser guardados  por poucos dias sem perder as qualidades próprias de consumo. isso também é válido para os espumantes que, aliás, conservam-se melhor que os vinhos tranquilos devido a presença de dióxido de carbono. há vários acessórios que auxiliam na conservação do vinho. destacam-se os diferentes modelos de garrafa e os conservadores a vácuo,  que retiramo ar de dentro da garrafa. tem-se de considerar, entretanto, que perde-se parte do dióxido de carbono enquanto a garrafa ficar aberta e que se perde outra parte da pressão por ocasião da retirada da tampa no caso espumantes.

Dom Pedrito paixão natural
#viagemdompedrito 

0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top