Cidade



A Receita Federal paga, nesta quarta-feira (30), os valores referentes ao segundo lote da restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2021. Segundo o Ministério da Economia, o crédito bancário será liberado para mais de 4 milhões de contribuintes, entre prioritários e não prioritários.

No grupo dos não-prioritários, estão incluídos os contribuintes que, em 2021, entregaram a declaração até o dia 21 de março. Já no dos prioritários, estão os idosos a partir de 60 anos, os contribuintes que possuem algum tipo de deficiência física ou mental ou moléstia grave e também aqueles cidadãos cuja maior fonte de renda é o magistério.

Vale frisar que, além das restituições do IRPF 2021, o lote pago nesta quarta-feira contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2020.

Como é feito o pagamento da restituição do IRPF?

O pagamento do segundo lote da restituição do IRPF será depositado na conta bancária que foi informada pelo contribuinte na declaração. Caso a Receita encontre algum problema na conta, como uma possível desativação ou erro de digitação, o crédito ficará disponível para resgate por até um ano nas agências do Banco do Brasil.

Passado este período, o contribuinte deve agendar a retirada destes créditos pelo Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Consulta à restituição

Para verificar se terá direito à restituição, o contribuinte deve acessar o site da Receita, clicar em Meu Imposto de Renda e, em seguida, clicar em Consultar Restituição. Ao fazer isso, o cidadão consegue, inclusive, verificar se há pendências que estão impedindo o pagamento da restituição – como malha, por exemplo.

Caso haja uma ou mais inconsistências na declaração, o cidadão poderá enviar uma declaração retificadora corrigindo as pendências. Contudo, as restituições de declarações que apresentam inconsistência (em situação de malha) são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão.

Também é oferecido pela Receita Federal o serviço de consulta rápida das declarações do imposto de renda por meio do app Meu Imposto de Renda, disponível para Android e iOS.


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads