Cidade


No dia 19 de dezembro de 2019, durante o jogo da final da Taça de Ouro 2019, no estádio do Cruzeiro, entre as equipes do Olaria e Cruzeiro, o atleta do Olaria, Maurício Marques, sofreu uma fratura. Pela gravidade da lesão, os atletas, em acordo com os dirigentes, decidiram interromper e adiar a partida que estava em curso, pois eles não tinham condições emocionais de finalizar o jogo.

A partida acabou não ocorrendo numa data próxima e, logo depois veio a pandemia da Covid-19, que inviabilizou a realização do jogo.

Recentemente, o Departamento de Esporte e Lazer promoveu uma reunião entre os clubes Cruzeiro e Olaria e, em decorrência do tempo passado, não tinham mais todos os atletas daquela ocasião à disposição. Decidiram então, não realizar a referida partida.

O diretor de Esporte e Lazer, Glécio da Cruz, relatando a situação à Federação Gaúcha de Futebol foi orientado a entregar a premiação para ambas equipes.

Então, na manhã desta segunda-feira, dia 21 de junho, na presença dos dirigentes do Olaria, Cruzeiro e Botafogo, respectivamente, Carlos Eugênio Corrêa, Michel Melo e Dagoberto Ferreira, da vereadora Mara Brum, também integrante do Olaria e do vice-prefeito Guiga, foram entregues os troféus de campeão as equipes do Olaria e Cruzeiro.

“Esperamos, assim que nos for permitido, ter a oportunidade de realizar novamente essa competição tão importante no nosso município que é a Taça de Ouro, voltaremos quando tivermos segurança”, destacou o diretor.

O atleta Maurício Marques, que passou por cirurgia e uma recuperação bastante delicada está bem, mas decidiu abandonar os campos de futebol.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads