Cidade



O Coordenador da 18ª Região Tradicionalista, Marcio D'Ávila, foi recebido nesta semana pelo Prefeito de Dom Pedrito, Mario Augusto de Freire Gonçalves, onde entregou o convite para o acendimento da Chama Crioula Regional, marcado para setembro na cidade de Bagé. Marcio também obteve do prefeito o compromisso de autorizar o funcionamento das entidades tradicionalistas na venda de refeições para se manterem na pandemia.

Juntamente com a Coordenadora de Folclore e Tradição da Prefeitura de Bagé, Faustina Campos, também presente à reunião e representantes da Prefeitura da Capital da Paz, Marcio destacou que o acendimento da Chama será seguindo todos os protocolos de prevenção à covid-19, assim como ocorreu no ano anterior em São Gabriel.
 
"Reforçamos que o acendimento da Chama é um marco à volta de todas as atividades da 18ª Região e um recomeço para as entidades e os municípios que prentenderem realizar o desfile tradicionalista, podem fazê-lo à vontade e com todos os protocolos", afirmou, esclarecendo interpretações equivocadas que tinham sido feitas nos últimos dias.

O coordenador também apresentou ao prefeito um pedido de liberação das entidades tradicionalistas para funcionar em "modo restaurante", onde poderão vender refeições em suas dependências como forma de gerar renda as mesmas, enquanto não há segurança sanitária à etomada de penhas. Na reunião ficou acertado por Gonçalves, que a limitação será de 150 pessoas, com todos os protocolos necessários, a medida deverá ser inserida no próximos decretos do prefeito.

D’Ávila ainda se reuniu com o Coordenador Municipal de Tradicionalismo e integrante da diretoria da 18ª RT, Lucian Ferreira, para coleta de sugestões e formatação destes pedidos ao Prefeito. Os municípios da região estão sendo convidados a participar do acendimento da Chama em Bagé.


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads