Cidade



Na manhã desta quarta-feira (5), a DECRAB/Bagé, delegacias regionais de Alegrete e de Santa Rosa, cumpriram 10 mandados de busca e apreensão, sendo sete deles no município de Barra do Quaraí, um no município de Tuparendi, um no município de Santa Rosa e um no município de Três de Maio.

O trabalho é fruto de uma investigação da DECRAB/Bagé que teve início no ano de 2020, após alguns crimes de abigeato, na modalidade de carneada, terem ocorrido no município de Barra do Quaraí. Aos poucos os policiais foram descobrindo que os investigados, além do abigeato, também cometiam outros crimes como pesca de peixes proibidos pela legislação e o comércio ilegal de carne imprópria para o consumo humano e em desacordo com o ordenamento vigente.

A operação levou o nome de El Dourado em referência a uma das espécies de peixes que eram pescadas pelo bando.

Nos últimos 12 meses foram registrados mais de 20 furtos abigeato no município de Barra do Quaraí (a maioria com utilização de barcos pelos criminosos), além de intensa pesca de peixes proibidos pela legislação. A carne dos animais na maioria das vezes era transportada para municípios da região de Santa Rosa.

A ação realizada na manhã desta quarta tinha por objetivo buscar a materialidade delitiva dos crimes investigados e também a coleta de dados que subsidiarão a conclusão do inquérito policial. O que, conforme o delegado André de Matos Mendes, Titular da DECRAB/Bagé, foi alcançado através da apreensão de carnes de peixes, aparelhos telefônicos dos investigados e outros objetos.

Alguns dos objetivos apreendidos os policiais acreditam que sejam oriundos de furtos, equipamentos que serão rastreados por ocorrências policiais de possíveis vítima.

Ao todo 12 pessoas são investigadas por integrarem a suposta organização criminosa. De acordo com os policiais assim que forem concluídas as análises dos objetos apreendidos o inquérito policial que apura os fatos será remetido ao Poder Judiciário com possível indiciamento dos investigados pelos crimes referidos.




Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads