Cidade





Os sepultamentos no Cemitério Municipal são realizados de duas formas, em catacumba perpétua, onde a remoção da ossada é livre escolha da família ou em catacumba provisória, onde a remoção da ossada deve ser feita em quatro anos, após o sepultamento.

Em razão do aumento considerável nos óbitos, a administração do Cemitério Municipal está com dificuldade de construir catacumbas a tempo e a disponibilidade de locais para novos sepultamentos vem caindo dia a dia.

Segundo o responsável pelo Cemitério Municipal, José Mello, o aumento considerável de óbitos em relação a média dos anos anteriores, aliado a baixa procura das famílias para retirada dos restos mortais, é motivo de preocupação.

“Solicitamos as famílias que tenham seus familiares seputados há mais de quatro anos, que nos procurem para que realizemos a retirada e transporte para o ossário”, pediu o administrador do local.

Para as sepulturas alugadas, caso não haja a manifestação de interesse na remoção, a retirada da ossada poderá ser feita pelo próprio cemitério e encaminhada para o ossário geral do cemitério, para posterior incineração, não podendo mais ser identificado.


Departamento de Comunicação da Prefeitura


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads