Cidade

No final da noite desta segunda-feira, estiveram reunidos na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o prefeito Mário Augusto, secretária de Saúde Lilian Camponogara, secretária de Planejamento Luciane Moura, os vereadores Patrício Antunes e Paula Montiel, o presidente do Sindicato dos Comerciários Ricardo Schluter, o vice-presidente da Associação Médica de Dom Pedrito Rogério Tomasi, o presidente da Associação dos Agricultores de Dom Pedrito (AADP) Cristiano Cabrera , o qual também representou o presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito, Dr. José Roberto Pires Weber, o presidente do Consepro, Fábio Bruzza, e, ainda, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Sergio Vicente e o membro da diretoria Marcelo Cardoso.

A reunião proposta por Cristiano Cabrera (AADP), Fábio Bruza (Consepro), Sergio Vicente (CDL) e pelo vereador Patrício Antunes teve como pauta discutir ações que objetivem a sensibilização do Governo do Estado com relação ao fechamento do comércio em Dom Pedrito.

O senhor Cabrera deu início pontuando a importância da manutenção do comercio aberto em Dom Pedrito, uma vez que o setor tem importância fundamental na geração de empregos e renda no município. Também falou que o Comércio está punido injustamente por aglomerações que ocorreram no Estado. Em sua fala parabenizou o prefeito Mário Augusto por ter sido o único representante de associação regional que defendeu o comércio aberto no Rio Grande do Sul.

Na sequência o vereador Patrício Antunes salientou que o momento que vivemos é de imensas dificuldades, reconheceu o avanço da doença no Estado, porém destacou que não será fechando o comércio e agravando ainda mais a situação do desemprego que as dificuldades serão superadas. Informou ser contrário ao Decreto Estadual que determinou o fechamento do comércio e que na tarde desta segunda-feira manteve alguns contatos com lideranças estaduais e foi informado que o Executivo Gaúcho está irredutível em sua posição, contudo destacou a importância de mobilização para que tal medida extrema não seja prorrogada por mais uma semana, o que agravaria em muito a dificuldade do comércio.

O presidente da CDL, Sergio Zani Vicente destacou que o órgão já possui uma ação judicial contra o Estado pronta para ser encaminhada. Agradeceu a presença de todos na sede dos Lojistas e falou da importância da união em busca de uma solução para o grave momento.

A Secretaria de Saúde Lilian Loreto pontuou que se vive o pior momento da pandemia em Dom Pedrito, porém destacou que o comércio em nada tem culpa. Também informou os números da doença no município e destacou a importância dos trabalhadores da saúde que dia e noite têm se empenhado em trabalhar no combate à pandemia. A Secretaria ainda informou que cada município possui uma realidade diferente.

O Dr. Rogério Tomasi, representando a Sociedade Pedritense de Medicina, utilizou vários dados estatísticos para apontar a evolução geométrica da doença no Estado. Segundo o médico, no começo da pandemia, há um ano, o maior desafio era “achatar a curva” e preparar o sistema hospitalar para receber os pacientes, o que, conforme os dados apresentados pelo médico, não ocorreu na forma que deveria. Dr. Tomasi fez uma crítica ao governo estadual por não ter se preparado, conforme o prometido, para o avanço da doença no RS, pois foram desmanchadas algumas estruturas montadas para o enfrentamento da pandemia, o que compromete o atendimento atualmente. O médico defendeu também que o comércio não é o culpado pelo avanço da doença.

O prefeito Mário Augusto defendeu a autonomia dos municípios no enfrentamento da pandemia. Disse que em reunião com lideranças estaduais falou que o Estado deveria fiscalizar mais as aglomerações e eventos clandestinos e que entende como injusto punir o comércio que respeita os protocolos sanitários desde o começo da pandemia. Colocou-se à disposição para ajudar no que estivesse em seu alcance. Falou ainda saber das dificuldades que os pequenos e médios empresários de Dom Pedrito estão passando e também de sua tristeza em razão do desemprego causado pela pandemia.

Na sequência, o empresário e membro da diretoria da CDL Marcelo Cardoso falou da dificuldade do pequeno e médio empresário em Dom Pedrito. Segundo informou, caso continue o fechamento do comércio no município ocorrerão demissões e a consequente quebra de algumas empresas, em especial as pequenas que não terão como honrar seus compromissos. Lembrou também das academias, barbearias, lojas de roupas e calçados e disse estar triste pelo momento, pois as grandes empresas, especialmente as de fora, que oferecem serviços financeiros, continuam a trabalhar em Dom Pedrito, amparada pelo decreto.

A secretaria de planejamento Luciane Moura explanou da importância dos representantes do comercio da região se unirem para o fortalecimento da demanda junto ao governo do Estado.

O presidente dos Comerciários Ricardo Schluter falou estar preocupado com os trabalhadores do comércio de Dom Pedrito, especialmente por saber que, inevitavelmente, diante da grande dificuldade das empresas, ocorrerão demissões. Disse estar à disposição para lutar pelos interesses dos trabalhadores. Disse ainda que a conta está sendo paga pelos trabalhadores e empresários. Em 2020 muitos trabalhadores não puderam escolher seus períodos de férias e se submeteram a reduções salariais para não perderem seus empregos.

A vereadora Paula Montiel lembrou da importância de a comunidade seguir os protocolos sanitários, tendo destacado que o comércio tem realizado o seu papel diante do enfrentamento da pandemia e não é o culpado pelo avanço da doença.

O presidente do Consepro, Fabio Bruzza, falou da importância de lutar pelo comércio pedritense. Conforme Fábio o aumento do desemprego pode agravar em muito a situação do município e que as autoridades presentes e as demais lideranças precisam lutar pelos comerciantes que estavam em casa, aflitos, sem saber como pagar suas contas, e impossibilitados de trabalhar.

Ao termino das explanações o vereador Patrício Antunes se comprometeu de realizar uma ata da reunião e encaminhar a todos os participantes para ciência do que fora abordado. O documento, após assinado por todos, será encaminhado, através do Prefeito Mário Augusto, ao governo do Estado como forma de pedir a retomada da cogestão.

O presidente da CDL Sérgio Vicente falou que irá manter contatos com outras associações do Estado como forma de fortalecer o pedido.

Os vereadores Patrício Antunes e Paula Montiel, juntamente com o Dr. Rogério Tomasi, vice-presidente da Associação Médica de Dom Pedrito, irão confeccionar um requerimento a ser apresentado na Câmara Municipal de Vereadores para solicitar algumas informações a 7º Coordenadoria Regional de Saúde.


1 Comentários

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Unknown disse…
Primeiramente bom dia, acho que está reportagem foi de grande esclarecimento a população, porém ainda acho que falar não adianta de nada, a fiscalização atua aonde os órgãos municipais mandam, e todos nesta cidade sabe disto porém tem medo de falar por saberem de algumas represálias possíveis no futuro! Sabemos bem que empresários de maiores poderes aquisitivos tem benefícios maiores e por isto os órgãos competentes fazem vista grossa! Durante quinta e sexta observei várias empresas as quais sei que possuem vínculos afetivos com alguma autoridade municipal em pleno funcionamento após as 20:00! A tal HR determinada a população n poder trabalhar! Aí pergunto falar adianta? Qual o direito de escolha da população? Se nem a população colabora! De que adianta proibir todo o comércio de funcionar se menores e adolescentes passam na rua após este hrio! Nem os pais seguram mais por conta de n poder mostrar quem manda em casa! No centro é descarado aos finais de semana menores bebendo livremente até altas hrs! Não é culpa de bares ou comércio local! Pois nada impede de comprarem em outro momento e irem com os famosos quites básicos para borracheira! Tenho minha empresa a 10 anos e hj sou proibido de exercer minha profissão, profissão a qual se inclui na área das ciências artes e saúde em uma faculdade! Profissão a qual garantia meu sustento e pagamento de contas: IPTU, água, luz e muitos outros impostos cobrados pelo estado, mais minha carteira profissional a qual neste período de dificuldade n tive nenhum auxílio deste respectivo órgão!
Na reportagem do J.A na terça-feira da semana passada se n me engano o governador Eduardo leite esclareceu o motivo desta decisão de dar Bandeira preta a todo o estado: "motivo o qual o vírus estaria sofrendo mutações, e surgindo casos em crianças e adolescentes, tornando visível o risco maior de proliferação do mesmo" então aí no decreto na data 26/02 foi salientado que permitiriam aulas a remotas a fins de cursos superiores, permitindo a entrega de material didático com capacidade reduzida de efetivo docente! Mas aí no mesmo decreto em outra parte entra em contradição a suas próprias palavras comentadas no J.A, que dizia a liberação de aulas presenciais em escolas de 1° e 2° grau! Justo o que salienta que o vírus está se manifestando nesta faixa etária!"
E o mais interessante a meu ver é que o vírus escolheu a data! Bem próxima a uma possibilidade de greve de caminhoneiros!
Outro fator que me deixa pensativo é o fato de a culpa ser da população!? Mas foi a população ou o governo que liberou o carnaval ano passado? Foi a população ou o governo que liberou as praias este ano, sabendo dos riscos! Então não é o povo a ser punido! E sim o governo torpe e mal qualificado a "representar nosso país" outro fator que todos condenam ao presidente mas n vejo ele como culpado, pois em 40 anos que tenho é a primeira vez que vejo um país com tamanha falta de respeito a uma autoridade eleita por votos, autoridade máxima de um país que tem as mãos atadas por conta de uma máfia de políticos corruptos eleitos pelo voto do povo! Políticos em geral são eleitos pelo povo pra representar nossa voz e nossas vontades, porém eles ultimamente só vêem o próprio ego, não fazendo seus papéis! Bom acho que me expressei todo meu ponto de vista em relação a está pandemia política! Onde ressalto o vírus ataca o pobre e n as classes mais abastadas! Agradeço ao espaço e espero que n tirem meu comentário do artigo!
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads