Cidade



Problemas no abastecimento de água no município há muito tempo ilustram as páginas do Folha da Cidade. Seguidamente são registradas situações envolvendo a qualidade do serviço prestado pela Corsan. Na segunda-feira (14), grande parte do município ficou sem abastecimento de água, isso porque, técnicos da Corsan precisaram realizar um conserto no segundo recalque (Estação de Tratamento de Água). Diante disso, moradores de alguns bairros registraram incidência de água escura em suas residências, o que acontece com frequência.

Um fato curioso que chegou ao Folha, enviado por um leitor, foi um vídeo que mostra o hidrômetro de sua residência registrando passagem de ar, consequentemente, movendo os ponteiros do equipamento, com isso, gerando custo ao consumidor. Segundo o leitor, por cerca de 15 minutos, o hidrômetro registrou a passagem de ar pela tubulação.

O fato foi exposto durante o Panorama Geral, da Rádio Upacaraí e trouxe muitas outras reclamações de munícipes com relação aos vícios no abastecimento de água em Dom Pedrito. O vice-prefeito Diego da Rosa Cruz, também se manifestou e recomendou que as pessoas que registraram água com coloração escura ou algum outro sinistro relacionado ao abastecimento da Corsan, busquem o Procon para formalizar um denúncia. "Peço que as pessoas registrem esses casos em vídeos ou fotos e levem ao Procon. Vamos anexar todas essas reclamações a uma cobrança que será levada à Corsan", salienta Guiga.

O vice-prefeito reitera que o Executivo municipal está analisando o contrato que o município possui com a companhia e vai buscar solucionar esses problemas recorrentes. "Alguns município estão multando a Corsan e vamos garantir que os munícipes recebam água de qualidade, de acordo com o que pagam. A população paga por água de qualidade, não água preta, com cheiro estranho, ou até mesmo, por ar na tubulação. Não vamos mais tolerar isso, a Corsan precisa entender que Dom Pedrito não é uma cidade esquecida e que as pessoas não vão receber a água que a companhia entende que deve de fornecer, Não é assim que funciona. Vamos exigir respeito", manifesta.

Guiga finaliza afirmando que o município vai cobrar investimentos da Corsan para garantir abastecimento de água com qualidade. "Não vamos depender de Rosário do Sul - Superintendência Regional - nós somos um município, Dom Pedrito, Capital da Paz, queremos que a Corsan atenda o município como ela deve atender. Vamos cobrar investimentos, não vamos mais tolerar que a população pague caro por água preta ou por ar. A Corsan precisa devolver para Dom Pedrito cada centavo leva", conclui o vice-prefeito.

1 Comentários

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Anônimo disse…
Verdade ficamos domingo e segunda-feira quando veio a água veio.cor preta e tenho protocolo que liguei 0800 e eles não tinham solução .
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads