Cidade



A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) retorna às atividades segunda-feira, dia 1º de fevereiro na modalidade Ensino Remoto Emergencial. Para isso, a Pró-reitoria de Graduação (Prograd) informa os acadêmicos sobre os principais pontos que devem ser levados em consideração pelos estudantes no início do semestre. 

Norma Operacional Unipampa N° 4/2020 – Diretrizes Operacionais para Oferta das AEREs está em vigor enquanto durar o período de exceção da pandemia. O documento dá orientações para a organização e oferta das Atividades de Ensino Remoto Emergenciais (AEREs) dos componentes curriculares dos cursos de graduação presenciais e à distância da Unipampa, exceto os ofertados no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Outro ponto importante é que a Unipampa utiliza várias mídias para levar informações à comunidade acadêmica. Porém, é no site www.unipampa.edu.br o local onde se encontram institucionalmente as normativas, orientações, notícias, informações sobre os campi, Reitoria, Pró-reitorias, oportunidades, etc. Mas lembre-se que o canal oficial de comunicação dos discentes com a Universidade é por meio do e-mail institucional, o mesmo utilizado para acesso às demais plataformas utilizadas na instituição.

Quando houver a possibilidade de retorno às atividades presenciais, a comunidade acadêmica será comunicada com bastante antecedência, observando todos os protocolos de segurança. De acordo com o reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, isso só deve acontecer quando for garantida a plena segurança dos estudantes, professores, técnicos e terceirizados que fazem parte da Universidade. Como preparação prévia para este retorno, por exigência do Governo do Estado do RS e sob orientação do Comitê Institucional de Monitoramento, cada campus da Unipampa criou o seu COE-E Local (Centro de Operações de Emergência em Saúde para a Educação), responsável pela elaboração de um Plano de Contingência a ser apreciado pelo Governo Estadual, cuja aprovação é condição para o funcionamento de atividades presenciais em qualquer uma das dez unidades. Desde 18 de março de 2020 apenas as atividades consideradas essenciais vêm acontecendo de forma presencial.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads