Cidade



O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou, na segunda-feira (14), um projeto para estender até março o pagamento do auxílio emergencial, atualmente previsto para acabar no fim deste ano. A ideia é ampliar por três meses o estado de calamidade pública para enfrentamento da Covid-19, que permitiu um orçamento de guerra e medidas econômicas excepcionais, e dessa forma manter por 90 dias a concessão do benefício.

O governo federal, no entanto, vem afirmando que a parcela paga em dezembro foi a última e que há riscos para a economia em uma manutenção por maior período. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também rechaça colocar em votação a ampliação do estado de calamidade.

Alessandro Vieira foi relator em março, no Senado, do projeto aprovado na Câmara dos Deputados sobre a concessão do auxílio emergencial. À época, o governo havia sugerido o valor de R$ 200. O Congresso, no entanto, propôs R$ 500, e o governo Jair Bolsonaro decidiu, posteriormente, elevar o pagamento para R$ 600. Outros parlamentares também fazem lobby pela prorrogação do auxílio emergencial.





Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads