Cidade



Divulgado nesta sexta-feira (25), o mapa preliminar da 34ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado continua refletindo o alto índice de contágio e de ocupação dos hospitais por coronavírus no Rio Grande do Sul. Embora mais cinco regiões tenham se somado a de Guaíba e ficado com bandeira laranja (risco epidemiológico médio), o restante do Estado segue em alerta – o que representa 76,5% da população gaúcha de 414 municípios.

A região R22 (Bagé, Dom Pedrito, Aceguá, Hulha Negra e Lavras do Sul) foi posta na bandeira laranja. 

Nesta rodada, com exceção de Taquara, Novo Hamburgo, Cruz Alta, Pelotas, Bagé e Guaíba, as outras 15 regiões Covid apresentaram risco alto de contágio, classificadas, portanto, com bandeira vermelha.

Veja a classificação prévia da 34ª rodada em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

Para o total do Rio Grande do Sul, houve redução no registro de novas hospitalizações confirmadas com Covid-19 (-14%) e no número de internados em leitos clínicos Covid (-6%). Já as UTIs apresentaram aumento no número de internados com coronavírus (+5%).

Contabilizando os pacientes internados por Covid e também outras causas, nesta semana, houve novamente estabilidade no número de leitos de UTI ocupados. Com a abertura de leitos e o aumento dos confirmados com Covid-19 em UTI, a razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19 ficou praticamente equivalente.

As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (256), Caxias do Sul (157), Passo Fundo (103), Canoas (100) e Pelotas (61).

Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads