Cidade


Diferente do que aconteceu em julho, quando as praças e locais como o Parque do Gaúcho e o Centro Histórico de Santa Thereza foram isolados, dessa vez os espaços públicos apenas serão fiscalizados. Acontece que o decreto estadual proíbe a permanência em locais como esses, mas não impede a circulação, inclusive para prática de exercícios físicos, por exemplo. As informações são do jornal Folha do Sul.

O titular da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência e coordenador da Vigilância em Saúde, Geraldo Gomes, confirmou que os espaços não serão fechados, mas que, sim, serão alvo de fiscalização com o objetivo de conscientizar a população quanto à necessidade de que não haja aglomerações.

Gomes informou que isso ocorrerá pelos próximos 15 ou 20 dias, tempo que é apontado como estratégico para diminuir a velocidade de contaminação. De acordo com dados do Estado, a taxa de ocupação de leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) no Rio Grande do Sul é de 80,4%. Na Santa Casa de Bagé, 71,4% dos leitos de UTI estão ocupados. Há cinco pessoas com confirmação ou suspeita de covid-19 internadas na unidade. Há 17 internadas em leitos clínicos: Seis são casos confirmados e 11 são considerados suspeitos.

 


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads