Cidade



Na segunda-feira, 23, teve início uma força-tarefa de combate ao Aedes aegypti, envolvendo diversos profissionais. Os 18 quarteirões escolhidos para visita estão relacionados aos casos confirmados de dengue e zika vírus. Para os moradores que não estavam em casa na primeira visita, informamos que a equipe passará novamente nesses pontos um dia antes da pulverização reforçando as orientações e informando data e horário de início.

A pulverização é realizada com inseticida indicado para uso em área urbana, aprovado pelo Ministério da Saúde. Agentes de Saúde da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) permanecem no município dando apoio à ação que conta com o trabalho dos profissionais locais.

Segundo a bióloga Barési Freitas Delabary, da Vigilância Ambiental da 7ª CRS, a pulverização é uma ação complementar: a eliminação de água parada dos quintais continua sendo a ação mais importante. “Ao eliminarmos o mosquito adulto com o inseticida e as larvas de todos os criadouros dos quintais cortamos o ciclo de reprodução do Aedes e teremos grande diminuição na população de fêmeas adultas dessa espécie que é responsável pela transmissão de dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela urbana”, enfatizou.

O mutirão já foi feito nos bairros Getúlio Vargas, São Gregório, Meu Norte, Santa Maria e Santa Terezinha e, hoje os dois pontos são no bairro Centro, com revisão dos pátios e orientação aos moradores.

Para o sucesso da ação a participação ativa da população é fundamental.

Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads