Cidade



O mapa preliminar da 30ª rodada do distanciamento controlado colocou a região R22 (Bagé, Dom Pedrito, Aceguá, Lavras do Sul e Hulha Negra) na bandeira vermelha. Em contato com o Departamento de Comunicação da Prefeitura, foi dito à reportagem que o prefeito Mário Augusto deverá recorrer da decisão - na segunda-feira, será anunciado o mapa definitivo. 

Segundo o Governo do Estado, pela primeira vez, ao menos três regiões tiveram média ponderada que as aproximou da classificação final em bandeira preta: Bagé, Erechim e Uruguaiana. Além da situação piorar em toda a macrorregião Norte, Erechim foi a única que alcançou classificação de risco máximo nos quatro indicadores regionais. Das 21 regiões Covid – neste mapa preliminar, todas em bandeira vermelha –, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não apresentam protocolos próprios, geridos pelo sistema de cogestão regional.

Comparativo: situação entre 30 de outubro e 26 de novembro

• número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 26% no período (de 830 para 1.047);
• número de internados em UTI por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) aumentou 30% no Estado no período (de 712 para 928);
• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 54% no período (de 768 para 1.183);
• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 aumentou 35% no período (de 573 para 775);
• número de casos ativos aumentou 63% no período (de 13.061 para 21.343);
• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 reduziu 34% no período (de 791 para 522);
• número de óbitos por Covid-19 acumulados em sete dias aumentou 31% no período (de 211 para 276).




Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads