Cidade



Com o tempo mais abafado, nos dois últimos finais de semana, tem ocorrido aglomerações no Centro, com participação do público jovem, que lota um trecho das ruas José Bonifácio, Júlio de Castilhos e Barão do Upacaraí. Diante das imagens, a população tem questionado quanto ao trabalho fiscalizatório – naturalmente desempenhado pela Prefeitura – além da questão também ser atrelada à Brigada Militar. Muito embora os decretos municipais e estaduais ainda estejam em vigência, carece, o momento, de alguns esclarecimentos. Quanto as brigas que se desenrolaram, o fato em si não é novo, principalmente naqueles locais onde foram registradas, mas potencializadas pela questão pandemia.

A reportagem entrou em contato com o capitão Patrique Rolim, comandante do 4º Esquadrão. Ele salientou que a Brigada Militar fez um trabalho no local (os números podem ser conferidos em detalhes, logo abaixo), mas não houve nenhuma ligação para o 190, nem sequer as vítimas tinham registrados até a manhã desta segunda-feira – especificamente referente as briga. As imagens do monitoramento devem ajudar a elucidar a motivação da briga e a identificar os envolvidos.

Não é segredo que os problemas de efetivo enfrentados pela Brigada Militar acabam por dificultar o trabalho dos militares, assim mesmo, muitas vezes desdobrando-se para atender as ocorrências, os policiais conseguem êxito nas ações realizadas. “No sábado nós fizemos uma operação, juntamente com a Prefeitura. A Brigada Militar entrou com um reforço de Bagé, duas guarnições da Força-Tática deslocaram para Dom Pedrito”, disse Rolim, complementando que logo na chegada os militares já se depararam com uma ocorrência. “Precisamos deixar bem claro que o foco da Brigada não são concentrações, nosso foco é combater a criminalidade em um sentido mais amplo”, salientou. “Desde aquela operação da Polícia Civil (Operação Sicário) ficou claro que se tem disputas pelo tráfico”, explicou Rolim, mas que, mesmo assim, a instituição soma forças com o Município. 

O desrespeito as regras e o policiamento insuficiente não são exclusividade de Dom Pedrito, além disso, a Capital da Paz não é um caso isolado quanto às aglomerações, em Bagé e Santana do Livramento – apenas para citar exemplos regionais – há um aumento progressivo do público nas ruas durante os finais de semana. “A Brigada sozinha não vai impedir que não haja esse tipo de aglomeração”, relatou, o que torna inviável “trancar” todos em casa.

“Não é o objetivo principal da Brigada fiscalizar essas medidas, a Brigada é para a segurança pública. Há uma certa confusão no entendimento (…) esses casos de saúde pública, como tem previsão e enquadramento legal, a gente faz também, em auxílio ao Município, mas nossa função é a preservação da ordem pública. Esse tipo de aglomeração afeta a saúde pública, que é um outro conceito, mas assumimos o compromisso, em Dom Pedrito de estar autuando também”, disse Rolim.

Também entramos em contato com a secretária do Planejamento, Luciane Moura. Ela salientou uma reunião na tarde desta segunda-feira para alinhar a como tratar o problema.

Trabalho da Brigada Militar em números

SEXTA FEIRA DURANTE A NOITE(16OUT2020):

FORAM ABORDADOS: 

- PESSOAS ABORDADAS: 56

- VEÍCULOS ABORDADOS E FISCALIZADOS: 33

- VEÍCULOS AUTUADOS: 4 VEÍCULOS FORAM AUTUADOS E 1 VEÍCULO FOI RECOLHIDO;

- FOI ENCAMINHADA UMA VÍTIMA PARA REGISTRO NA DELEGACIA DE POLICIA POR ESTELIONATO;

- 4 AVERIGUAÇÕES REFENTES A SOM ALTO.

SÁBADO DURANTE A NOITE(17OUT2020):

- FORAM ABORDADOS

- PESSOAS ABORDADAS: 69

- VEÍCULOS ABORDADOS E FISCALIZADOS: 43

- VEÍCULOS AUTUADOS: 3

- VEÍCULOS RECOLHIDOS: 2

- CNH APREENDIDAS: 2

- FOI ATENDIDA 1 OCORRÊNCIA MARIA DA PENHA,

- FOI ATENDIDA 1 ACIDENTE DE TRÂNSITO COM DANOS MATERIAIS;

- 2 PRISÕES ATRAVÉS DE TERMOS CIRCUNSTANCIADOS POR DIREÇÃO PERIGOSA DE VEÍCULO AUTOMOTOR NO CENTRO DA CIDADE;

- REGISTRO DE DANO NO CENTRO DA CIDADE;

- 1 REGISTRO DE TERMO CIRCUNSTANCIADO POR AMEAÇA;

- 1 REGISTRO DE TERMO CIRCUNSTANCIADO POR DESOBEDIENCIA PARA MILITAR DO EXÉRCITO NO CENTRO DA CIDADE;

- 1 REGISTRO DE TERMO CIRCUNSTANCIADO POR ENTREGAR A DIREÇÃO DE VEÍCULO A PESSOA NÃO HABILITADA NO CENTRO DA CIDADE;

- 1 REGISTRO DE TERMO CIRCUNSTANCIADO POR LESÃO CORPORAL CULPOSA NA DIREÇÃO DE VEÍCULO NO CENTRO DA CIDADE;

- 1 REGISTRO POR AMEAÇA.

DOMINGO DURANTE A NOITE(18OUT2020):

- 1 HOMICIDIO DOLOSO NO 1º TURNO DE SEGUNDA FEIRA;

- 3 AVERIGUAÇÃO COM RELAÇÃO AOS DECRETOS COVID 19( AGLOMERAÇÕES).

FORAM ABORDADOS

- PESSOAS ABORDADAS: 54

- VEÍCULOS ABORDADOS E FISCALIZADOS: 41

- VEÍCULOS AUTUADOS: 1


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads