Cidade

Na tarde desta terça-feira, representantes dos Conselhos Municipal e Regional de Desenvolvimento, Comude e Corede de sete municípios, reuniram-se na assembleia ampliada para definir as pautas que irão compor, oficialmente, a cédula de votação da Consulta Popular.

Em formato virtual, participaram representantes do Corede e dos Comudes dos sete municípios da Campanha (Bagé, Aceguá, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra e Lavras do Sul), cada cidade defendendo as pautas escolhidas anteriormente.

No final, a decisão da assembleia indiciou três pautas em comum, que irão compor a cédula. São elas: promoção do desenvolvimento da cadeia produtiva do leite e da pecuária de corte, por meio de máquinas e equipamentos; bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica; e calendário anual de eventos relacionados a manifestações populares. A composição da cédula deve ser homologada entre 8 e 12 de outubro, a última etapa antes da votação. Das três pautas, as duas mais votadas serão incluídas no orçamento do Estado para próximo ano.

Neste ano, em função da pandemia e dos protocolos de distanciamento social, o processo de votação será totalmente virtual, de 26 de outubro a 3 de novembro, através do site www.consultapopular.rs.gov.br ou por SMS, já que não haverá urnas disponíveis para votação.
Nesta edição, o processo pretende encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões em projetos para municípios das 28 regiões dos Coredes. Para a região do Corede Campanha, foi destinado o valor total de R$ 400 mil para 2021 e, talvez, R$ 400 mil para 2022, dependendo do orçamento do Estado. Para ter acesso ao recurso dos projetos eleitos, os municípios deverão atingir, no mínimo, 2% de votos.

Jornal Minuano


Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads