Cidade


Preocupados com as consequências do distanciamento social, em decorrência da suspensão de atividades de recreação e lazer, bem como as visitas de familiares e voluntários desde 16 de março, busca-se gradativamente suprir essas necessidades dos idosos residentes, com os devidos cuidados de proteção, no sentido de fazer frente a outro sintoma que é tão letal quanto o COVID-19.

A preocupação com a depressão que pode ocorrer pela ausência de atividades típicas do isolamento, que aos idosos naturalmente se encontravam em vulnerabilidade social quando ingressam no Lar.

Assim, iniciou-se uma série de atividades artísticas, sendo a primeira ocorrida neste domingo (31), a cargo da Orquestra da Congregação Cristã no Brasil. Convém salientar que os artistas não têm contato com os idosos, e não ingressam nas dependências do prédio.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads