Comissão Legislativa de apoio e combate ao COVID-19 fez sua terceira reunião de trabalho - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

6 de maio de 2020

Comissão Legislativa de apoio e combate ao COVID-19 fez sua terceira reunião de trabalho


Depois de se reunir, no dia 16 de abril, com a Secretária de Saúde Lilian Camponogara, a presidente da Sociedade Pedritense de Medicina Silvana Mozaquatro, o provedor da Santa Casa Luiz André Freitas Bálsamo e a técnica em Vigilância Sanitária Salete Shardong e, no dia 23 do mesmo mês, com os secretários municipais, Daniel Brum, de Governo, Luciene Moura, Planejamento, Evanda Massirer, da Fazenda e Marcelle Lehr, do Trabalho e Desenvolvimento Social, a Comissão Legislativa de apoio e combate a pandemia em Dom Pedrito promoveu, no dia 30 de abril, mais uma rodada destes encontros de trabalho.

Desta vez a comissão, formada por Hiltom Ender Silva Lopes, Maninho, Diego da Rosa Cruz, Guiga, Ricardo Schluter, Renato Chiaradia e Eli Barbosa, com a autorização dos demais vereadores, esteve com Marco Antônio Rodrigues, da Educação, Lethery Leal, representando a Secretária de Agricultura e Carolina Goulart, do DEMA. A ideia na Câmara de Vereadores é, baseada em informações dos órgãos oficiais, sugerir melhorias e ações que possam ser adicionadas nas estratégias de combate a pandemia pelos segmentos organizados da sociedade.

Observa-se que estas reuniões são feitas pontualmente em função do protocolo relativo ao distanciamento social e abrangendo todos os segmentos administrativos envolvidos, de uma forma ou de outra, no combate ao COVID-19.

Principais abordagens
Com as aulas suspensas desde 17 de março, a Secretaria de Educação vem mantendo uma estrutura para a equipe pedagógica no intuito de dar suporte no atendimento de atividades destinadas aos alunos da rede municipal. Entretanto, estas atividades não serão consideradas como dias letivos pelo decreto do Governo Federal que, muito embora não tenha dispensado as 800 horas aulas anuais, em, no mínimo 200 dias, não se sabe da possibilidade do cumprimento dessas horas aula, em função da pandemia.

Não há estoque suficiente de alimentos para a distribuição de kits aos alunos, então a alternativa foi a confecção de refeições, nas escolas, e distribuí-las em forma de marmitas. Até agora já foram atendidos 1.141 alunos.

O decreto estadual suspendeu as aulas até o dia 30 de maio, com possibilidade de prorrogação por mais 30 dias. Um agravante para o retorno do ano letivo é o fato de que em um universo de 700 funcionários da rede municipal de ensino, 50% não retornariam por fazerem parte do grupo de risco. Nesta situação é incluída a Educação Infantil.

Com o apoio do Sindicato Rural e da Agropecuária Rigo, o DEMA, com equipamento e pessoal da Secretaria de Agricultura, vem fazendo a desinfecção nas UBS, necrotério, cemitério, capelas e, nas quintas-feiras à noite em, aproximadamente, 100 quadras da cidade. Salienta-se que o produto usado não faz mal ao meio-ambiente e não deixa resíduos nas pessoas e nos animais. Com relação a estiagem a Secretaria de Agricultura vem procedendo a limpeza de açudes, aprofundamento de bebedouros e distribuindo água, em média de 1500 litros por família, para uso doméstico e dos animais, mediante agendamento, inclusive por telefone.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads