Sindicato Rural se posiciona pela continuidade da vacinação contra febre aftosa


O Sindicato e Associação Rural promoveu uma reunião na manhã desta segunda-feira (17), reunindo associados, para debater a questão da vacinação contra febre aftosa, tendo em vista que a Farsul solicitou às entidades sindicais se posicionassem individualmente sobre o assunto. Em nota enviada à imprensa, assinada pelo presidente José Roberto Pires Weber, o Sindicato decidiu se posicionar favoravelmente pela continuidade da vacinação – que terá uma de suas etapas antecipadas para março.

“O Sindicato Rural de Dom Pedrito vem informar a todos seus associados e demais pecuaristas que em reunião realizada hoje, dia 17/2, decidiu por ampla maioria favoravelmente à manutenção da vacinação contra a Febre Aftosa no Rio Grande do Sul, por entender que ainda não temos condições de assegurar sanidade ao nosso rebanho”, diz a nota.

Antecipação da campanha
Na semana passada, foi anunciada a antecipação da primeira fase da campanha. Conforme o secretário Covatti Filho, a vacinação do rebanho será feita na primeira quinzena de março – em outros anos ocorria em etapas em maio e novembro. “Nós também estamos fazendo uma série de seminários regionais em todo o Estado para expor aos nossos produtores e entidades os resultados da auditoria que o Ministério da Agricultura fez na nossa defesa agropecuária. Em conjunto com todas as entidades da nossa agropecuária, nós vamos tomar a decisão se queremos ou não mudar o status sanitário do nosso Estado”, afirmou o secretário.
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários