Justiça condena um dos assaltantes da Casa do Pedreiro


Pedro Náthan Vallejos Alves, um dos assaltantes da Casa do Pedreiro, crime que marcou o último dia do ano de 2019 na Capital da Paz e ganhou repercussão nacional, foi condenado a 6 anos e 8 meses de reclusão. A audiência aconteceu nesta segunda-feira (10), na segunda vara da comarca local, que atualmente tem como titular o juiz Luis Filipe Lemos Almeida. O Ministério Público foi representado pelo promotor Leonardo Giron.

Além de Alves, também participou do assalto um menor de idade. O crime ocorreu na manhã do dia 31 de dezembro, onde a dupla fez reféns, além de tentar subtrair dinheiro e joias.

O Ministério Público acusou Pedro Nathan e o comparsa, menor de idade, de roubarem, na ocasião, R$ 3605,00, 14 anéis, 69 brincos, dois relógios, 10 correntes e cinco pulseiras da primeira vítima; R$ 25,00 da segunda vítima e R$ 560,00 da terceira vítima, após anunciarem assalto com emprego do revólver calibre 32 Taurus, municiado, além de um simulacro de pistola – arma falsa -, privando a liberdade das vítimas – mantendo-as como reféns – após o cerco policial. A intenção seria utilizar o dinheiro do roubo para saldar dívida de tráfico de drogas. Eles se entregaram após cerca de duas horas de negociações. O fato mobilizou policiais, inclusive, de Bagé.

Alves deve cumprir pena no regime semiaberto. Quanto ao menor de idade, segundo participante, o caso corre em segredo de Justiça.
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários