Cidade


Funcionários de uma empresa prestadora de serviços à Cotrijui realizaram, mais uma vez, uma limpeza em torno dos açudes localizados às margens da rua Santiago Prati. As ações de limpeza tem ocorrido de forma regular. O lixo recolhido é entregue na Ansus, responsável pela coleta no município. Mais uma ação foi realizada pelos funcionários na manhã desta terça-feira, mas foi chamado atenção da reportagem para restos de material de uso veterinário, além de seringas.

Os açudes eram utilizados pelo antigo frigorífico e estão localizados em uma área da cooperativa, às margens da rua Santiago Prati, um dos acessos à Vila Arrué. Televisores, pneus, garrafas de vidro, garrafas pet, entre outros materiais são comumente retirados. Apesar das limpezas regulares, alguns moradores do entorno acabam não colaborando e utilizando o espaço como lixão clandestino. O Departamento de Meio Ambiente (Dema) já foi avisado quanto ao problema.

Sobre os açudes, a questão permanece no âmbito jurídico, aguardando uma solução.

A maior preocupação é quanto ao trânsito de crianças desacompanhadas entre os açudes, já que há o risco de acidentes. 




Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads