Secretaria de Saúde emite nota sobre caso de médica que teria se recusado a acompanhar gestante - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

30 de dezembro de 2019

Secretaria de Saúde emite nota sobre caso de médica que teria se recusado a acompanhar gestante


A Secretaria de Saúde emitiu uma nota sobre o caso, divulgado na semana passada, em que o tio acusa uma médica do Pronto Socorro de ter se negado a acompanhar uma gestante até a cidade de Bagé, para realizar o parto. Leia mais aqui. Confira a nota na íntegra:

Diante da notícia de óbito da recém-nascida Helena amplamente divulgada nas redes sociais e imprensa local, a administração municipal, através da Secretaria de Saúde e Departamento de Comunicação esclarece que o convênio nº 001/2019 firmado entre o município e a Santa Casa de Caridade de Dom Pedrito – Hospital São Luiz, prevê como objeto: “a contratação de entidade para prestação de serviços de atendimento de urgência e emergência 24 horas com prestação dos serviços auxiliares de apoio, diagnóstico e tratamento, com suporte técnico para cirurgia geral, anestesia, pediatria, obstetrícia e oftalmologia em urgência e emergência”.

A Santa Casa na condição de contratada tem a gerência sobre os serviços prestados e os profissionais contratados para atuar junto ao Pronto Socorro.

Outrossim, os contratos dos profissionais que atuam junto ao Pronto Socorro são celebrados entre eles e a Santa Casa, sem qualquer participação da Prefeitura de Dom Pedrito.

Feito este esclarecimento acerca do que foi imputado como responsabilidade do município no contrato supracitado, o mais importante nesta situação não é a disputa sobre quem é o contratante dos profissionais, mas sim, apurar se efetivamente houve erro técnico no atendimento de uma paciente.

A esse respeito, cabível elucidar que a Secretária de Saúde, utilizando do seu poder de fiscalização (este sim de responsabilidade da administração) encaminhou o ofício nº 485/2019 a Diretora Técnica do Pronto Socorro de Dom Pedrito e o ofício nº 484/2019 ao Provedor da Santa Casa, solicitando informações e providência com relação ao fato.

A Diretora Técnica do Pronto Socorro na manhã de hoje enviou resposta informando que estão sendo tomadas todas as medidas cabíveis e esclarecendo que o óbito da recém-nascida não teve qualquer relação com o transporte realizado.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads