Buda se entrega à Polícia e nega autoria de homicídio - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

20 de dezembro de 2019

Buda se entrega à Polícia e nega autoria de homicídio

Imagem exclusiva mostra momento da chegada do acusado à Delegacia de Polícia
Márcio Ribeiro da Silva, conhecido como Buda, se entregou à Polícia na manhã desta sexta-feira (20). A Polícia Civil o acusa de ser o autor da morte do jovem de 19 anos, Paulo Nicolas Castilho Zart, esfaqueado mais de 15 vezes no bairro Santa Maria, na manhã de terça-feira (17). Segundo a investigação, uma dívida oriunda do tráfico de drogas teria motivado o crime.  

Buda chegou à Delegacia de Polícia acompanhado de seu advogado, Richard Noguera. Em entrevista, Noguera ressaltou à reportagem do Folha o mais profundo respeito com a família da vítima, Paulo Nicolas Castilho Zart, e destacou o compromisso, tanto do acusado, quanto da defesa, de colaborar com as investigações para que a verdade dos fatos venha a tona. 

Conforme o advogado, Márcio se apresentou de livre e espontânea vontade, querendo contribuir com a investigação da polícia, afirmando não ter envolvimento algum com a morte da vítima, negando a autoria do crime. 

Após ser ouvido na presença do seu advogado, o acusado foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde fica à disposição da Justiça. 

A mãe do acusado procurou a reportagem para relatar um certo "excesso" no mandado de busca cumprido em sua casa por parte dos policiais civis que estavam a procura do seu filho. Em contraponto, a Polícia Civil informou que a residência da família nos últimos meses já foi alvo de diversas incursões policiais e que, repetidamente, há registros de resistência, desacato e ameaça por parte dos familiares do acusado contra os policiais civis.  

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads