Assalto com reféns termina com criminosos presos pela Polícia - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

31 de dezembro de 2019

Assalto com reféns termina com criminosos presos pela Polícia


 A última manhã do ano foi de pânico e tensão em Dom Pedrito. Isso, pois, por volta das 10h da manhã desta terça-feira (31), a Brigada Militar recebeu uma ligação dando conta de um assalto na Casa do Pedreiro, loja de materiais de construção situada na rua Sete de Setembro, centro de Dom Pedrito. De imediato uma guarnição do policiamento ostensivo, juntamente com o setor de inteligência deslocaram para o local e se deparam com a loja fechada, no instante que os dois autores estavam saindo com panos pretos cobrindo seus rostos. Quando viram os policiais, eles retornaram para o interior do comércio onde fizeram a proprietária, funcionários e clientes de reféns, totalizando sete vítimas.

Neste momento a quadra foi cercada e os policiais solicitaram o apoio de militares que estavam de folga, bem como da Polícia Civil e do Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar de Bagé.

Na medida que o tempo foi passando, foi estabelecido um diálogo de negociação com os assaltantes, que aos poucos  foram libertando os reféns, restando somente uma refém, sendo que uma funcionária estava escondida no banheiro e o proprietário  escondido no interior da casa, que fica situada na parte de cima do estabelecimento.

Somente após uma hora e meia de negociação, os dois indivíduos se entregaram. Os criminosos foram identificados como: Pedro Natã Valejos Alves, 19 anos, e um adolescente de 17 anos, identificado pelas iniciais G.R.C.

Os policiais apreenderam um revólver calibre 32, com cinco munições, sendo duas deflagradas, e um simulacro de pistola - arma de brinquedo.

Os indivíduos foram encaminhados ao Pronto Socorro e à Delegacia de Polícia para registro do flagrante.

Com eles, além da arma de fogo e da arma de brinquedo, os policias apreenderam uma bolsa de uma cliente da loja, uma carteira de uma cliente, talões de cheques, aparelhos celulares, jóias, duas bicicletas que eles utilizaram para chegar ao local, panos pretos utilizados para cobrir os rostos dos acusados e a quantia de R$ 4.291,00, que, se não fosse a rápida ação da Polícia, iria ser roubada da loja.









Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads