25 de setembro de 2019

Açude do antigo frigorífico vira 'cemitério' de animais


Uma denúncia, que chegou através do "grupo das estradas rurais" no WhatsApp, chamou atenção para o número de animais mortos em um açude, atualmente utilizado como estrutura de decantação, que era utilizada pelo antigo frigorífico da Cotrijui. Nas imagens remetidas no grupo, alguns animais, que parecem ser bovinos, aparecem flutuando no açude.

O Folha esteve no local e verificou in loco a situação. Os açudes, que beiram a rua Santiago Prati, por um período, serviram como depósito de restos mortais de animais que eram abatidos no frigorífico, mas atualmente estão tomados pela vegetação e pelo lixo. Em um dos açudes, revestido com material borrachudo, de fato, há muitos corpos de animais. O odor no local beira o insuportável.

Não se sabe se os animais entraram no local para beber água e não conseguiram sair, em virtude do revestimento de borracha, ou se foram jogados dentro do açude.

Entramos em contato, também, com a Ong Coração Amigo, que esteve no local verificando a situação. Cabe salientar que não há cercamento ou aviso de perigo, em qualquer dos açudes, representando risco para crianças.

A reportagem tentou contato com a Vigilância Sanitária, mas até a conclusão da reportagem, não conseguimos contato com o órgão.



0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top