Rádio Upacaraí

13 de abril de 2019

Estado: clima favorece final das colheitas das lavouras de milho e arroz



A soja alcançou 68% da área colhida no estado, com 25% madura e por colher e 7% em enchimento de grãos. A colheita segue intensificada, alcançando 920 mil hectares, favorecida pelo predomínio do clima seco. De acordo com informativo conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar na quinta-feira (11), a chuva, embora tenha provocado a interrupção da colheita, favoreceu a cultura, tanto as lavouras tardias em enchimento de grãos como as lavouras prontas que apresentavam baixa umidade no grão.

No milho, a colheita atingiu 75% da área, evoluindo 5% em relação a semana anterior; 16% das lavouras estão maduras e por colher, e 9% em enchimento de grãos. Com a proximidade do final da colheita da soja, os produtores das regiões do Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial se preparam para retomar a colheita do milho, já que as lavouras que restam estão maduras.

Nas regiões da Fronteira Noroeste e Missões, a produtividade média supera a expectativa inicial e chega aos 8.072 quilos por hectare. As chuvas do meio da semana foram benéficas para as lavouras do milho safrinha. No momento, é realizado o controle de pragas e iniciado o corte do milho para silagem.

No arroz, a colheita atinge os 72% de área, com 25% maduras e por colher. As condições climáticas têm favorecido as lavouras cultivadas, possibilitando boas condições para complementar o período reprodutivo e a maturação. As produtividades médias têm sido consideradas muito boas, acima das 8 toneladas por hectare nas principais regiões, exceto nas lavouras na área Central do Estado, com média de 7 toneladas por hectare.

Texto: Adriane Rodrigues/Ascom Emater/RS-Ascar

0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top