Rádio Upacaraí

21 de março de 2019

Júri decide que acusado de tentativa de homicídio agiu em legítima defesa


 O Tribunal do Júri reuniu-se na manhã de hoje (21) e decidiu absolver Alexandre Machado Sturza, ele era acusado de tentar matar Everton de Oliveira Pinto, fato que aconteceu no ano de 2015, na localidade do Bento Rengo. 

 Tanto Ministério Público quanto defesa postularam legítima defesa, pois Everton – morto em 2017, em Bagé – foi até a propriedade rural para confrontar Alexandre, portando uma arma, momento em que Sturza conseguiu desarmar Everton e desferiu disparos. O próprio Alexandre acionou a Brigada Militar. 

 Outro fato destacado foi a ficha criminal da então vítima, composto por 26 folhas e diversos crimes, inclusive homicídio, quando matou um homem a facadas. Ele foi morto a tiros em abril de 2017, em Bagé. 

 O júri foi presidido pelo juiz Luiz Filipe Lemos Almeida. O Ministério Público representado pelo promotor Leonardo Giron, enquanto a defesa foi constituída pelo advogado Sérgio Roberto Vieira e pela advogada Ana Paula Piccinin. 

 Confira todos os detalhes na edição impressa do Folha da Cidade.

0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top