14 de janeiro de 2019

Instituto B. Ângelo luta para viabilizar 1º ano do Curso Normal


 A direção do Instituto Estadual de Educação Bernardino Ângelo, sob a liderança da professora Silvana Cabrera, está empenhada, nos últimos dias, em viabilizar no ano letivo 2019 o 1º ano do Ensino Médio - Curso Normal, que em Dom Pedrito só é oferecido naquele educandário.

 A dificuldade em ter o 1º ano autorizado pela 13ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) e, por extensão, pela Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul (Seduc/RS), é em função do número de alunos inscritos oficialmente no sistema, apenas 9 até o fechamento das inscrições. “Ocorre que ainda possuímos outros 9 alunos reprovados, que não foram contabilizados pela Seduc porque o sistema informatizado só é alimentado após o fechamento do ano letivo”, esclarece a diretora. Até aí já são 18 alunos e ainda existem mais quatro interessados em se inscrever, o que totalizaria 22 alunos.

 Como, entretanto, o período de matrículas para o 1º ano do Ensino Médio nas escolas estaduais, que vai até 18 de janeiro, não está contemplando o Curso Normal (até agora não autorizado), a orientação da diretora Silvana é no sentido de que os candidatos se matriculem na escola para onde o sistema os enviou, segundo o zoneamento, a fim de não perderem a vaga, e depois de o Curso Normal ser autorizado (espera-se) solicitem sua transferência.

 No contexto, a equipe diretiva do Instituto Bernardino Ângelo enviou ofício à 13ª CRE, apresentando sua justificativa para reivindicar a autorização do referido curso e, paralelamente, busca apoio político dos poderes Executivo e Legislativo municipais.

0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top