Cidade





O Ministério da Saúde oficializou, por meio de uma nota técnica, a orientação pelo fim do intervalo de 14 dias entre as aplicações da vacina contra a gripe e contra a Covid-19. A medida já havia sido adiantada pelo ministro-substituto, Rodrigo Cruz, mas precisava da publicação para passar a valer.

A nova recomendação foi debatida em reunião com a Câmara Técnica em Imunização da Covid-19 (Cetai) e baseada em estudos e dados apresentados na ocasião. O principal objetivo da mudança é otimizar as imunizações contra as duas doenças.

Segundo a nota, "o estabelecimento de intervalo mínimo entre as vacinas gera dificuldades operacionais com a necessidade de múltiplas idas aos serviços de saúde e a perda de oportunidade de vacinação". "A administração de múltiplas vacinas em apenas uma visita amplia as chances de se ter um cartão de vacinação atualizado, permitindo aumentar as coberturas vacinais, proteger a população contra doenças imunopreveníveis e otimizar o uso de recursos públicos".


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads