Cidade



A vereadora Mara Brum (PSB), apresentou um Projeto de Lei que institui a Campanha de Conscientização, Prevenção e Enfrentamento a Violência Contra a Pessoa Idosa "Junho Violeta". Em sua justificativa, a vereadora destaca que a campanha é realizada por diversos segmentos públicos e privados, já instituído por Lei em alguns municípios do Estado no mês de junho, dirigido à população idosa em geral sobre a importância da prevenção dos casos de abuso e violência, tendo como consequência a adoção de medidas para o seu enfrentamento.

O projeto tem por objetivo instituir também essas atividades em Dom Pedrito. Mara Brum faz referência ao grande avanço na legislação acerca do tema com a aprovação da Lei Federal do Estatuto do Idoso. No dia 15 de junho, comemora-se o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, o qual foi instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o intuito de chamar a atenção e criar uma consciência social e política da existência da violência contra a pessoa idosa. "Urge, portanto, a necessidade da aprovação desta política pública para caminharmos no mesmo sentido, e as instituições locais em implementar ações de prevenção para que atos desta natureza não mais ocorram no âmbito da territorialidade municipal", reforça.

O projeto foi aprovado na seção legislativa de terça-feira (29) e será encaminhado ao Executivo Municipal para sanção.

Confira o Projeto de Lei na íntegra:

"A vereadora líder da Bancada do PSB, abaixo nominada, com assento nesta Casa Legislativa, vem apresentar o seguinte Projeto de Lei. "Institui a campanha de conscientização, prevenção e enfrentamento a violência contra a pessoa idosa ; "JUNHO VIOLETA", no município de Dom Pedrito.

Art. 1º Fica instituído o “Junho Violeta”, no Município de Dom Pedrito, a ser referenciado, anualmente, no mês de junho, a fim de conscientizar, prevenir e enfrentar a violência contra a pessoa idosa.

Art. 2º Nas edificações públicas municipais, sempre que possível, será procedida a iluminação na cor violeta com aplicação do símbolo da campanha ou sinalização, alusivo ao tema, durante todo o mês de junho.

Art. 3º No mês do “Junho Violeta” poderão ser desenvolvidas ações, destinadas à população, com os seguintes objetivos

I – alertar, conscientizar e promover debates sobre a importância da prevenção do Combate a Violência Contra a Pessoa Idosa;

II – contribuir para a redução dos casos de violência;

III – estimular, sob o ponto de vista social e educacional, a concretização de ações, programas e projetos na área da educação e prevenção;

IV- utilização do laço de fita cor violeta.

Art. 4º Durante o mês do "Junho Violeta" poderão ser planejadas e desenvolvidas ações em conjunto com o Poder Legislativo Municipal, com outros órgãos e entes públicos e privados, mediante:

I - palestras/oficinas;

II - apresentações diversas;

III - distribuição de material educativo (panfletos, folders, cartazes, cartilhas informativas) e assemelhados;

IV - outras ações pertinentes ao tema em destaque incluindo, ensino, pesquisa e assistência.

Art.5º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

JUSTIFICATIVA: Encaminhamos o presente Projeto de Lei para ser analisado e votado pelos nobres colegas Vereadores e Vereadoras, o qual institui o “Junho Violeta”, no Município de Dom Pedrito. “Junho Violeta” é uma campanha de conscientização, realizada por diversos segmentos públicos e privados, já instituído por Lei em alguns municípios do RS, no mês em referência, dirigido à população idosa em geral sobre a importância da prevenção dos casos de abuso e violência, tendo como consequência a adoção de medidas para o seu enfrentamento”. A apresentação deste presente projeto é instituir também essas atividades em Dom Pedrito No início do milênio tivemos um importante avanço na legislação acerca do tema com a aprovação da Lei Federal do Estatuto do Idoso No dia 15 de junho, comemora-se o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, o qual foi instituído em 2006 pela ONU com o objetivo de chamar a atenção e criar uma consciência social e política da existência da violência contra a pessoa idosa. Urge, portanto, a necessidade da aprovação desta política pública para caminharmos no mesmo sentido, e as instituições locais em implementar ações de prevenção para que atos desta natureza não mais ocorram no âmbito da territorialidade municipal

Edifício Vereador Antônio França, 17 de junho de 2021".




Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads