Cidade



No final da tarde de terça-feira, ocorreu a terceira e última reunião da Comissão de Representação Externa sobre a modernização da carreira de nível médio da Brigada Militar, proposta e coordenada pelo deputado estadual Luiz Marenco (PDT), com a presença do coronel Vanius Santarosa, comandante-geral da Brigada Militar, representando o governo do Estado.

Objetivamente, o coronel disse ser intenção do vice-governador e secretário de Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, encaminhar à Assembleia Legislativa o projeto de modernização da carreira para votação neste segundo semestre, de forma a ser implementado já em 2022. Segundo ele, a proposta está atualmente sofrendo análise jurídica pela Procuradoria Geral do Estado, posteriormente deverá ser remetida à Secretaria da Fazenda para avaliação da repercussão financeira ao erário e, finalmente, à Casa Civil, onde será construído o projeto de lei que altera a legislação vigente, e então remetido ao Parlamento.

Questionado diversas vezes sobre o quanto toda essa tramitação demoraria, o comandante reafirmou que o Poder Executivo já pretende ter a modernização da carreira de nível médio vigorando no início do ano que vem. Complementando a informação, o deputado Frederico Antunes, líder do governo, assumiu o compromisso de enviá-lo para a Assembleia em regime de urgência. Além disso, o comandante-geral anunciou que está trabalhando em outras duas frentes: resolver a anomalia que são três níveis de soldado e recriar a função de terceiro sargento, o que significaria mais vagas para ascensão funcional.

“Creio que avançamos hoje ao conseguirmos o comprometimento do Comando Geral da Brigada, representando oficialmente o governo do Estado, de que a modernização da carreira dos nossos praças estará na pauta da Assembleia ainda no segundo semestre”, comemorou Marenco, ciente de que esta é uma demanda unânime entre os soldados.

Como encaminhamento da reunião, o deputado propôs a criação de um abaixo-assinado dos deputados estaduais a ser entregue em ato oficial, juntamente com o relatório final da comissão, ao governador e vice-governador, pressionando pela celeridade na tramitação do projeto, insistindo no regime de urgência e mostrando a unidade do Parlamento em torno da intenção de aprovar o projeto ainda em 2021.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads