Cidade



Foi realizada na manhã desta sexta-feira, 23, a 4ª reunião da Comissão em Defesa do Comércio Pedritense. Os vereadores Patrício Jardim Antunes (Progressistas), Willian de Jesus Bueno (PTB), Renato Luiz Chiaradia (Progressistas) e Luiz Carlos Pinto Cruz (MDB), de forma conjunta decidiram redigir um requerimento, em caráter de urgência, solicitando ao Ministério da Saúde que disponibilize ao Município 50.000 testes de PCR, para que seja realizada uma testagem em massa nos trabalhadores do comércio, indústria, rurais e públicos, além dos pedritenses que ainda não foram vacinados.

Os vereadores ponderam no documento que:

- Dom Pedrito vive o pior momento desde o início da pandemia, frente ao grande número de casos diários e mortes registradas;

- Em março do corrente ano, 34 dos 109 conscritos da 3ª Cia de Engenharia testaram positivo para Covid-19, após testagem em massa conduzida pela Unidade Militar, sendo que 33 estavam assintomáticos para doença, portanto, constituindo importante amostragem estatística;

- A natureza do vírus, ao qual pode, pela amostragem acima referida, manifestar-se de forma assintomática;

- O município vizinho de Bagé conquistou 150 mil testes RT-PCR junto ao Ministério da Saúde e o trânsito diário de pessoas entre ambos os municípios é intenso;

- A testagem em massa é uma forma útil e eficaz no diagnóstico e isolamento de casos assintomáticos de Covid-19;

Portanto, vê-se a necessidade da testagem em massa da população pedritense, preferencialmente aos trabalhadores do comércio, indústria, rurais e públicos, além daqueles que não tiveram acesso à vacina. Oportunizando, assim, maior tranqüilidade aos trabalhadores e empresários do município.

Conforme se afere em várias matérias científicas publicadas, inclusive por universidades gaúchas, a testagem em massa da população tem um papel significativo na identificação da real situação dos municípios no que diz respeito à Covid-19.

Destaca-se que fazer testes em massa é essencial, não só do ponto de vista epidemiológico - para saber o número e a distribuição dos casos -, mas também para adotar ações de combate ao novo coronavírus que se enquadrem no contexto local. Se testarmos em massa, saberemos o real índice do crescimento diário de casos. Mas não apenas, a testagem também possibilitaria aos trabalhadores do comércio pedritense ter o conhecimento se já tiveram, ou não, contato com o coronavírus, através da presença dos anticorpos.

Conforme o vereador Patrício, presidente da Comissão em Defesa do Comércio Pedritense, o município de Dom Pedrito, de acordo com a última estimativa do IBGE possui população de 38.339 habitantes, com dados epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados na quinta-feira, dia 22, Dom Pedrito totaliza 2.425 casos desde o início da pandemia – que representa apenas 6,32% da população -, e, até a manhã desta sexta-feira, dia 23, são 55 óbitos totalizados, conforme dados da imprensa. Números que causam grande preocupação, uma vez que ainda não se sabe quantas pessoas realmente tiveram contato com o vírus. Observando os dados oficiais, se identifica que em Dom Pedrito o índice de letalidade do novo coronavírus apresenta percentual assustador de cerca de 2,27% entre os positivados. Fatos que justificam a urgente testagem em massa no município.

Os vereadores já mantiveram contato com deputados federais e estaduais de seus partidos em busca de apoios no pleito.


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads