Cidade



Para tratar sobre possíveis impactos da privatização da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) irá realizar na quarta-feira, 31. Uma reunião com os gestores dos 317 municípios que possuem serviços de água e esgoto fornecidos pela empresa. A lista inclui Aceguá, Dom Pedrito e Lavras do Sul.

Estado anunciar a intenção de privatizar a estatal. Durante o encontro, também serão abordados dados dos municípios com a Corsan e o cronograma de tramitação do projeto na Assembleia Legislativa.

O governador do Estado argumenta que o Marco Regulatório do Saneamento, aprovado pelo Congresso Nacional, prevê metas para serviços de saneamento até 2033, destacando que o descumprimento pode representar a quebra de contratos. A proposta apresentada pelo governador Eduardo Leite, do PSDB, porém, depende da aprovação de uma proposta que retira a obrigatoriedade de realizar plebiscito para privatizar a Corsan, o Banrisul e a Procergs.

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads