Cidade



Cerca de dois meses após interromper a realização de lives para análise da situação da pandemia no Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite retomou o pronunciamento via redes sociais, na tarde desta segunda-feira (23), para alertar os gaúchos da necessidade de reforçar os cuidados e condutas para prevenção e enfrentamento da Covid-19. Desde a semana passada, os indicadores de risco epidemiológico no Estado têm piorado, e o mapa definitivo do distanciamento controlado apontou oito regiões classificadas em bandeira vermelha. Apesar disso, segundo o chefe do Executivo, não há previsão de novas restrições de atividades econômicas.

"Não é a nossa disposição a de fazer novas restrições e fechamentos de atividades, mas estamos observando o aprendizado da própria Europa e de outros países onde se observa o crescimento de casos para que, se for necessário, façamos as restrições de forma proporcional ao que se está vivendo. Não entendemos que seja o caso de voltarmos a níveis de restrições que se observou no passado", enfatizou Leite.

Para o chefe do Executivo gaúcho, o fato de haver uma contínua redução no número de óbitos por Covid-19 no Estado, apesar do crescimento das internações e dos número de casos, pesa nessa análise. No entanto, ele ressaltou que o cenário depende da colaboração da população. "Estamos analisando novas formas de estabelecer, se não houver bom senso por parte da população aos protocolos, restrições que menos impactem à economia. A nossa disposição é de permitir a melhor retomada da economia e a melhor conciliação à preservação da saúde e das vidas", disse o governador, reforçando às prefeituras para que aumentem a fiscalização das medidas sanitárias, do distanciamento e colaborem para diminuir a disseminação do vírus.

Leite destacou que o clima de verão é convidativo a reuniões e festas, mas lembrou que o Estado não voltou à normalidade. "É importante que as pessoas lembrem que não voltamos à normalidade, temos um vírus que circula e está levando ao aumento de internações. Não façam aglomerações em grandes grupos, mantenham distanciamento, reduzam contatos, respeitem os protocolos e nos ajudem a manter a disseminação do vírus, para que possamos conviver com ele até que chegue a vacina" completou.
Nesse sentido, ele apresentou ainda vídeo institucional da campanha #TeCuidaRS, lançada pelo Piratini, que incentiva a retomada das atividades sem relaxamento de cuidados, como uso de máscara, lavagem de mãos, uso de álcool gel, e respeito ao distanciamento, evitando aglomerações. "Te cuida, não te entrega para o vírus", diz o slogan.

Fernanda Crancio/Jornal do Comércio

Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads