Cidade



Noticiamos que uma mulher teve seus R$ 600,00 do Auxílio Emergencial desviados por outra pessoa. Infelizmente, durante a vigência do programa social, diversos golpes acabaram surgindo, onde estelionatários enganam os mais desavisados. Logo depois da notícia ir ao ar, uma leitora entrou em contato e contou que sua sogra foi vítima de um golpista de local. O caso já foi registrado na Delegacia de Polícia e está sendo investigado pelas autoridades. Para agravar ainda mais a situação, ele ficou com os R$ 600,00 da vítima. 

Tudo começou quando a vítima, sogra da leitora viu um anúncio no Facebook, onde ele prometia adiantar o Auxílio Emergencial, no entanto, para efetivar o esquema, cobrava uma taxa de R$ 50,00. Ele foi até a residência da mulher e prometeu que o dinheiro entraria em 24h. “Isso foi feito dia 4 de agosto, e aí ele fez a transferência para a conta dele e no outro dia traria o dinheiro’, contou ela, complementando que o autor do esquema ainda solicitou a conta bancária da vítima. “Ele dizia que tinha feito a transferência, mandada os comprovantes, a gente ia, tirava o estrato e nunca tinha nada”, relatou.

Na tentativa de receber o valor, a leitora ainda repassou uma máquina de cartão de crédito, de seu estabelecimento, para que ele efetuasse o pagamento. “A mesma coisa, ele me mandou o comprovante como se ele tivesse feito o pagamento”. O que novamente não ocorreu. Com o tempo, ele acabou cortando o contato com a vítima – até mesmo o número telefônico ele teria trocado. “Nós fomos na Delegacia, explicamos (aos policiais) como é que foi e até hoje, ele mandava a gente ir na casa dele, eu ia, daí ele falava que não estava em casa, não tinha conseguido fazer a transferência do dinheiro, outras vezes dizia que as contas dele estavam trancadas, por que ele está até candidato a vereador agora”.

Ela comenta que o objetivo é divulgar justamente para que a comunidade não caia neste tipo de golpe. Além disso, encorajar outras pessoas que caíram no mesmo golpe a procurar à Polícia.

Confira, abaixo, o teor das conversas












Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads