Cidade

Desde que o governo passou a divulgar um mapa preliminar do Distanciamento Controlado, a partir da criação de uma instância recursiva, há três meses, o Rio Grande do Sul não apresentava um número tão baixo de bandeiras vermelhas – que correspondem a alto risco epidemiológico de coronavírus.

A classificação prévia da 20ª semana do Distanciamento Controlado, divulgada nesta sexta-feira (18), traz cinco bandeiras vermelhas concentradas nas regiões Metropolitana e Missioneira – mesmo número da sétima rodada, em 20 de junho, quando o governo passou a aceitar pedidos de reconsideração antes de anunciar o mapa semanal vigente. A região de Bagé, R22, que abarca Dom Pedrito, Aceguá, Lavras do Sul e Hulha Negra, permanece, mais uma semana, na bandeira laranja.

Com isso, a maior parte do território gaúcho ficou em cor laranja – são 17 regiões classificadas com risco médio. Nenhuma aparece em risco baixo (bandeira amarela) – a última vez foi na oitava rodada, em 26 de junho, ou altíssimo (preta) – não registrado até hoje.


 

Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads