Cidade



A Polícia Civil, através da Decrab/Bagé, vem investigando, desde o ano de 2018, uma violenta quadrilha que ataca propriedades rurais em várias cidades do Estado, sempre com o objetivo de roubar tratores e máquinas agrícolas.

A quadrilha agia de duas formas: os criminosos, usando toca ninja e muito bem armados, invadiam propriedades rurais e faziam moradores de reféns, muitas vezes por horas, até que os tratores/máquinas fossem carregados, além disso, os indivíduos, de dentro do sistema prisional, mantinham contato com as vítimas, via telefone. Passavam-se por produtores e compravam os equipamentos. O pagamento era feito mediante depósitos com envelopes vazios. As vítimas recebiam o comprovante do depósito falso e entregavam as máquinas. 

Conforme as investigações o bando atacava em praticamente todas as regiões do Estado, as máquinas obtidas através de roubos e/ou estelionato eram transportadas para outros estados, existindo informações que algumas estariam sendo levadas para outros países. No curso das investigações policiais da Decrab/Bagé conseguiram recuperar um trator oriundo da fronteira e que estava em Caxias do Sul. A máquina estava escondida, aguardando para ser transportada.

Avançadas as investigações, a Decrab representou junto ao Poder Judiciário da Comarca de Encruzilhada do Sul por seis mandados de busca e apreensão, diligências fundamentais para as investigações, isto com intuito de encontrar provas da participação de alguns investigados no esquema criminoso. 

Na manhã desta terça-feira (25), a operação foi deflagrada com diligências nos municípios de Encruzilhada do Sul, Novo Hamburgo e Arroio dos Ratos.

Nas residências de um dos alvos das buscas foi encontrado um telefone celular que havia sido roubado de uma vítima (funcionário de uma propriedade rural) que ficou como refém dos criminosos por horas durante um assalto em Encruzilhada do Sul. Na ocasião também foi levado um trator. 

Em outra residência dos criminosos, foram encontradas as armas de fogo utilizadas pelo bando, tocas ninjas, rádios comunicadores, grande quantia de munições e insumos para recarga. O suspeito foi preso.
Conforme o delegado André de Matos Mendes, titular da Decrab/Bagé as diligências foram de suma importância para elucidação dos crimes, com o apontamento da autoria delitiva. O inquérito policial que apura os fatos será encaminhado ao Poder Judiciário no prazo de 10 dias. As apreensões realizadas hoje fortalecem o material probatório que integra os autos, possibilitando o indiciamento dos principais integrantes da quadrilha. 

Para a realização da Operação Rota 290 a DECRAB/Bagé contou com o apoio da Delegacia de Polícia de Encruzilhada do Sul, Delegacia de Polícia de Homicídios de Novo Hamburgo, DPRI, DRACO e 1° Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Sul, Delegacia de Polícia de Arroio dos Ratos, DRACO e Delegacia de Polícia de Homicídios de Caxias do Sul, Delegacia de Polícia de Butiá, Delegacia de Polícia de São Gerônimo e com fiscais da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Rural.


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads