Cidade


O recolhimento realizado nos dias 3 e 4, e o recebimento no dia 7, foram ações desenvolvidas pela Prefeitura, através das secretarias de Saúde, Planejamento, Obras e Departamento de Meio Ambiente, com apoio do Rotary Clube Dom Pedrito, Rotary Clube Ponche Verde, Lions Clube e Léo Clube, que rendeu o recolhimento de nove caçambas cheias de e-lixo, o que equivale a 27 toneladas, sendo esta a maior quantidade recolhida desde que as coletas tiveram início em 2017.

“Para o grande sucesso dessa campanha foi imprescindível a adesão da comunidade, o trabalho dos profissionais envolvidos e dos voluntários dos clubes de serviço”, enfatiza a diretora de Meio Ambiente, Carolina Goulart, que comemora a grande arrecadação.

Ao todo, foram coletadas 27 toneladas de lixo eletrônico. São geladeiras, máquinas de lavar e secar, celulares, computadores, fogões, geladeiras, televisores e outros itens altamente poluentes, que não serão descartados indiscriminadamente no meio ambiente.

Conforme a diretora, esse aumento expressivo se deve a conscientização da comunidade da importância do descarte correto e da ação realizada nas residências, paralela ao combate do mosquito Aedes aegypti.

O descarte incorreto do e-lixo é muito perigoso, pois quando é jogado diretamente no meio ambiente, as substâncias que compõem o aparelho se tornam agressivas, pois estes produtos contêm elementos químicos que podem causar prejuízos ao solo e a água, contaminando estas duas vertentes que diretamente fazem parte do nosso cotidiano.

Cabe salientar, que os materiais recebidos são inservíveis, eletrodoméstimos e equipamentos que não tem conserto ou que não vale a pena em razão do preço elevado ou falta de peças para reposição.


Seu comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads