Santa Casa e Pronto Socorro falam sobre caso de paciente que morreu após infarto - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

3 de novembro de 2019

Santa Casa e Pronto Socorro falam sobre caso de paciente que morreu após infarto

A morte de um homem que foi liberado após atendimento médico no Pronto Socorro de Dom Pedrito, causou polêmica e muita repercussão nas mídias sociais, onde foi denunciado um suposto caso de negligência por parte de alguns profissionais da saúde. 

O fato, segundo informado, conta que um servidor da Prefeitura que estava em horário de expediente, havia sentido uma forte dor no peito seguida de falta de ar e imediatamente teria acionado um motorista particular que o conduziu até o Pronto Socorro local. Chegando lá, iniciou uma série de desdobramentos. 

O motorista que conduziu a vítima relata, através das redes sociais, que, diante da situação que o homem se encontrava naquele momento, um servidor do PS teria atendido mal o paciente, exigindo os documentos do mesmo para só depois de o cadastro ser feito a pessoa ter direito ao atendimento. A crítica é baseada na ótica de que o paciente estava infartando e precisava do atendimento médico antes de qualquer coisa naquele momento. 

Outro fato narrado, é de que o paciente teria sido liberado após um primeiro atendimento, quando, logo depois, teria vindo a óbito acometido por um infarto. 

O provedor da Santa Casa, Luiz Carlos Moraes Costa, disse à reportagem do Folha que foi aberta uma sindicância para que os fatos sejam apurados. Essa sindicância foi aberta devido a ter um funcionário da Santa Casa que trabalha na recepção do PS. 

A direção do Pronto Socorro diz que o paciente foi medicado e, ao se sentir melhor, teria pedido para ir embora. Infelizmente, logo depois, segundo a direção do PS, o homem voltou em situação de infarto, posteriormente vindo a óbito.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads